Logo Jornal

Domingo, 3 de Março de 2024




RCN IMPRESSA

Foco na qualificação profissional

Visite nossa rede social @rcnonline_sc

CREA/SC. Presidente reeleito, Carlos Alberto Kita Xavier pretende manter os investimentos do Conselho em inovação

Foco na qualificação profissional
Foto: Agência Adjori de Jornalismo
- Carlos Alberto Kita Xavier, presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia

O engenheiro civil Carlos Alberto Kita Xavier foi recentemente reeleito para a presidência do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Santa Catarina (CREA-SC), mantendo-se à frente do órgão no período de 2024 a 2026. Kita, como é conhecido, obteve 53,65% dos votos, superando seu concorrente João Oneda, que alcançou 45,11%.

Kita Xavier possui uma extensa trajetória profissional, graduado em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 1993, com pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho pela mesma instituição em 1997. Ao longo de sua carreira, atuou como Responsável Técnico da Construtora Zita e Diretor Técnico da Empresa Municipal de Água e Saneamento de Balneário Camboriú (EMASA). Além disso, presidiu o CREA-SC nas gestões de 2012/2014, 2015/2017 e 2021/2023.

Durante sua gestão atual, Kita investiu significativamente em inovação, destacando o projeto da Universidade Corporativa do CREA-SC. Em um bate-papo com a Rede Catarinense de Notícias, ele compartilha os avanços e planos para a qualificação profissional.

RCN: Nessa gestão que está finalizando o teve mais relevância?

Kita Xavier: A gente investiu muito em inovação. Investimos na nossa universidade corporativa, hoje com mais de 130 cursos gratuitos para os profissionais registrados no CREA. Queremos ampliar essa qualificação profissional, trazendo cursos de pós-graduação em parceria com entidades de classe e instituições de ensino locais.

RCN: E sobre a qualificação de profissionais além dos engenheiros, como pedreiros e auxiliares, por exemplo?

Kita Xavier: Entendemos que ter uma mão de obra qualificada vai auxiliar nossos profissionais. Nosso foco são os profissionais da engenharia, agronomia e geociências. Estamos apoiando entidades como Sinduscom e FIESC para qualificar essa mão de obra e, ao mesmo tempo, apoiando nossos profissionais na qualificação.

RCN: Próxima gestão. Quais são os principais planos?

Kita Xavier: Investimos e vamos continuar investindo em inovação, transformando nossas cidades em cidades inteligentes e conectando nossos profissionais com suas áreas de atuação. Além disso, planejamos investir em estruturas físicas nas regionais, promovendo networking e motivando projetos inovadores em parceria com o CREA.

RCN: Como o CREA se envolveu com a série de desastres climáticos em SC? Há algum projeto do CREA para prevenção ou reconstrução?

Kita Xavier: O CREA se colocou à disposição da sociedade, ajudando prefeituras e defesas civis municipais durante as chuvas. Temos profissionais que se dedicaram a isso, e acreditamos na importância de ações humanitárias além do suporte técnico. O CREA tem que dar respostas rápidas! No início do ano nós fomos procurar a Defesa Civil para fazer um convênio, formalizar uma participação técnica do CREA e dos nossos profissionais junto àquele órgão. Esse convênio estava tramitando na Defesa Civil e aconteceram esses problemas de chuvas, deslizamentos, e o CREA se colocou à disposição da sociedade. Nós ajudamos aí muitas prefeituras, muitas defesas civis municipais, onde a gente colocou profissionais, montamos um comitê de crise e foi muito interessante porque já era uma proposta nossa, então, quando a gente fala que a nossa atividade junto a esses órgãos vai ter um apoio técnico, nós também temos que olhar o lado humanitário. Aquilo que fala o nosso artigo 1º da Lei nº 5.794, que nós temos que ter a engenharia social. Tivemos aí vários colegas que se colocaram à disposição e desempenharam papéis fundamentais. O CREA colocou sua estrutura à disposição, tanto as sedes físicas, os automóveis, os nossos fiscais, os engenheiros.


Sobre a RCN Imprensa

A página da Rede Catarinense de Notícias, elaborada pela Agência Adjori de Jornalismo, é o conteúdo impresso mais visto de Santa Catarina. A página circula semanalmente em mais de 40 jornais de todas as regiões do Estado. A tiragem somada dos participantes supera 130 mil exemplares.

A publicação iniciou em 2002 e segue de forma ininterrupta até hoje. Já são mais de 600 edições contando os principais fatos de Santa Catarina.

logo_rodape

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br