Logo Jornal

Sexta-Feira, 23 de Fevereiro de 2024




Coluna RCN - Edição 5

Visite nossa rede social @rcnonline_sc

Primeiro discurso de Colombo destaca seu papel de oposição no Senado

Primeiro discurso de Colombo destaca seu papel de oposição no Senado

Com o peso de ser o político mais votado da história de Santa Catarina ? alcançando uma votação de 1.735.000 votos ? o recém-eleito senador Raimundo Colombo (PFL) proferiu seu primeiro discurso no Plenário do Senado Federal na última terça-feira (13). A estréia do pefelista foi uma mistura de retrospectiva (de outros quatro lageanos que também já ocuparam o cargo), compromisso e desejos.

Colombo destacou que seu papel no Senado será aquele para o qual a sociedade o escolheu: ser oposição. "Eu vou cumprir com o meu dever, que não é fazer uma oposição dura que impeça de governar ou que atrapalhe o Governo. Mas fazer uma oposição independente, firme e corajosa", definiu. Segundo ele, é tão necessário para um governo ter apoiadores quanto oposicionistas.

Eleito para o Senado como substituto de Jorge Bornhausen, Colombo admitiu que será uma tarefa difícil manter os ideais, o trabalho e o esforço de seu antecessor e padrinho político. "Desejo fortemente seguir seus passos", enfatizou.

Antes de terminar seu pronunciamento, Colombo passou a palavra para dois colegas de sigla (que em março passa a ser PD, Partido Democrata) e de Casa: Marco Maciel e Romeu Tuma. Ambos elogiaram a trajetória do novo senador e disseram vislumbrar um excelente mandato para ele, que representa a renovação.

Elogios à descentralização

Presidente da Companhia de Tecidos Norte de Minas (Coteminas) e filho do vice-presidente da República, Josué Gomes da Silva esteve em Santa Catarina para participar de um evento da Associação dos Dirigentes de Venda e Marketing do Brasil (ADVB). No Jantar de Idéias, promovido pela entidade, Josué falou sobre a internacionalização das empresas, com a experiência de quem preside, ainda, a Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (ABIT) e é vice-presidente do Conselho Superior de Comércio Exterior (COSCEX).

Na ocasião, o empresário elogiou a descentralização do Estado e defendeu, juntamente com o governador Luiz Henrique, a proposta de descentralizar as ações administrativas do Governo Federal. "Santa Catarina é um Brasil vitorioso, modelo para os demais", exaltou Josué. O governador emendou que gestões realizadas a distância são incapazes de atender as necessidades da sociedade e aproveitou para salientar a importância de um novo pacto federativo: "O Brasil está míope, nenhuma idéia vai
resolver o problema da violência generalizada sem numa nova redistribuição dos tributos".

Enquanto isso, na Assembléia Legislativa, a reforma administrativa de Luiz Henrique ficou para ser analisada depois do Carnaval. Os esforços dessa semana estiveram todos voltados para a escolha, articulação e formação das comissões da Casa. Os deputados têm até 45 dias ? a contar do último 7 de fevereiro ? para deliberar sobre a reforma.

A César o que é de César

Com absoluto sucesso, a Adjori/SC ? Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina tem promovido encontros regionais com seus filiados. Até agora, já foram realizados cinco eventos, reunindo praticamente 100% dos filiados das regiões Sul, Grande Florianópolis, Extremo-Oeste, Meio-Oeste e Oeste. Com 144 jornais filiados que têm em conjunto mais de um milhão de leitores, a Adjori/SC está apresentando suas propostas para o ano de 2007 entre as quais a vitalização da área comercial, com a implantação do Núcleo de Negócios integrado por profissionais com larga experiência no mercado. A demanda unânime dos jornais representados pela Adjori/SC: conquistar uma fatia do bolo publicitário estadual proporcional ao tamanho e importância da Associação. Os próximos encontros acontecerão em Rio do Sul, Blumenau, Joinville e Canoinhas.

Fatma libera hidrelétricas

O presidente da Fundação de Meio Ambiente (Fatma), Carlos Leomar Kreuz, assinou, nesta terça-feira, 13, Licença Ambiental de Instalação (LAI) para seis novas pequenas hidroelétricas a ser implantadas na região Serrana, abrangendo áreas dos municípios de Lages, Capão Alto, São Joaquim e Painel. A previsão de geração é em torno de 70 MW, com aporte de investimentos da ordem de R$ 300 milhões.

logo_rodape

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br