Logo Jornal

Domingo, 3 de Março de 2024




JOINVILLE

Quais vereadores de Joinville devem mudar de partido

Visite nossa rede social @rcnonline_sc

PSD pode receber dois ou três vereadores

Quais vereadores de Joinville devem mudar de partido
Foto: Divulgação / Câmara de Vereadores de Joinville
- Vereadores Lucas Souza (esquerda), Diego Machado (centro) e Willian Tonezi (direita) devem mudar de partido

Com o início do ano eleitoral, em breve os vereadores de Joinville estarão livres para mudarem de partido. A janela partidária abre no dia 7 de março e, com isso, as trocas de “casa” poderão acontecer até 5 de abril.

O jornal O Município Joinville consultou fontes que falaram sob condição de anonimato e detalharam quais vereadores ficam em seus partidos e quais devem tomar novos rumos.

Uma das bancadas que deve crescer na Câmara é a do PSD. O diretório estadual do partido formalizou, recentemente, apoio à reeleição do prefeito Adriano Silva (Novo). Em diversas cidades catarinenses, Novo e PSD estarão unidos contra o PL.

PSD maior

O presidente da Câmara, vereador Diego Machado, deve trocar o PSDB pelo PSD. Uma fonte ligada ao partido que pode receber o tucano detalha que ele deve assumir a presidência do PSD de Joinville. Outro vereador que está em tratativas para se filiar à sigla é Nado (Solidariedade).

O PSD já possui dois vereadores na Câmara de Joinville, Ascendino Batista e Kiko do Restaurante, que devem permanecer no partido. Conforme o interlocutor, a legenda ainda tem como objetivo buscar um quinto parlamentar.

No radar do PSD também estão Henrique Deckmann (MDB) e Érico Vinicius (Novo). Outra fonte ligada ao governo, por outro lado, garante que Érico permanece no Novo. Ela relata ainda que Henrique pode se juntar ao partido do prefeito.

Lucas, Tânia e mais

A filiação do vereador Lucas Souza (PDT) ao Republicanos está encaminhada. Ana Lúcia Martins (PT), Cláudio Aragão (MDB) e José Henkel, o Pelé (MDB), devem permanecer em seus partidos. Fontes detalham ainda que Tânia Larson interessava ao MDB e ao Novo, mas a vereadora garante a O Município Joinville que permanece no União Brasil.

PL de Jorginho

O PL tem como pré-candidato a prefeito de Joinville o secretário de estado de Segurança Pública, Sargento Lima (PL), ex-deputado estadual. A legenda conta, atualmente, com um único vereador: Cleiton Profeta.

A bancada do partido do governador Jorginho Mello pode aumentar na Câmara de Joinville. Wilian Tonezi deve deixar o PRD e se filiar ao PL. Brandel Junior também tem convite do partido e decide se vai ou não deixar o Podemos.


Fonte: portal O Munícipio Jonville

logo_rodape

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br