impeachment

Desembargador Zanelato vota pela cassação; 3x2

O desembargador Luiz Zanelato foi o quinto a anunciar o voto no âmbito do Tribunal Especial de Julgamento do Impeachment. O magistrado repetiu as provas da denúncia e afirmou que o governador cometeu crime de responsabilidade. Segundo ele, Moisés se omitiu ao não prevenir o dano ao erário público. 

"Ainda que não tenha determinado diretamente ordenação de despesas com a compra dos respiradores, ele possuía conhecimento do negócio, firmado pelo secretário de Estado e suas condições precárias. Por todos os elementos evidenciados nos autos, por volta de março de 2020, o governador do Estado compartilhava a gestão da pasta da saúde", declarou. 

O placar é 3 a 2. Até o momento, todos os membros do tribunal repetiram os votos do primeiro julgamento. 






logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br