Governo do Estado

Criciúma confirma adesão ao Plano 1000 e receberá R$ 219 milhões em cinco anos

Plano 1000 é a maior iniciativa municipalista da história de Santa Catarina, com investimento previsto de R$ 7,3 bilhões até 2026

Foto: Julio Cavalheiro/Secom
A solenidade foi acompanhada por secretários de Estado e pelos deputados estaduais Ada de Luca, Volnei Weber e Júlio Garcia

O governador Carlos Moisés e o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, firmaram o compromisso de adesão da maior cidade do Sul do estado ao Plano 1000. Com isso, o município receberá R$ 219 milhões ao longo dos próximos cinco anos para realizar projetos e obras estruturantes. A solenidade de assinatura do convênio ocorreu na manhã desta quarta-feira, 05, na Casa d'Agronômica.

O chefe do Executivo estadual destacou que o Plano 1000 é a maior iniciativa municipalista da história de Santa Catarina, com investimento previsto de R$ 7,3 bilhões até 2026. Carlos Moisés também ressaltou a importância de Criciúma para a região Sul e disse ter certeza que o dinheiro será bem empregado pela administração municipal.

"Não temos dúvida de que o Plano 1000 vai rodar em Criciúma. O que nós estamos desenhado aqui é o caminho que queremos para o futuro, deixando as questões político-partidárias de lado. Acreditamos nesse projeto municipalista. Temos gestores municipais muito bons em Santa Catarina, e Criciúma é um grande exemplo disso", destacou o governador.

Segundo Clésio Salvaro, os recursos repassados pelo Governo do Estado serão usados nas áreas de mobilidade urbana e turismo. O prefeito está em seu terceiro mandato e afirma que esse é o melhor momento na relação entre a Prefeitura e o Estado.

"Esse é um grande presente de aniversário para a nossa cidade, que completa 142 anos de colonização nesta quinta-feira. São mais R$ 219 milhões para a nossa cidade. O Governo do Estado tem sido um grande parceiro. Posso assegurar que este é o governador mais municipalista de todos", afirma Salvaro.

As equipes técnicas do Estado e da prefeitura voltarão a se reunir na sexta-feira para tratar dos projetos que serão incluídos no Plano 1000.

Sobre o Plano 1000

Lançado no fim de 2021, o Plano 1000 prevê o investimento de R$ 7,3 bilhões até 2026. Os recursos serão repassados para os municípios, na proporção de R$ 1 mil por habitante, e devem ser utilizados para obras estruturantes e que tenham impacto positivo em toda a região circunvizinha. Segundo o secretário de Estado da Fazenda, Paulo Eli, o Plano 1000 retoma o planejamento de longo prazo no setor público. "São as ações que fazemos agora que ditarão a qualidade de vida que teremos no futuro", explica.

A solenidade desta quarta-feira foi acompanhada por secretários de Estado e pelos deputados estaduais Ada de Luca, Volnei Weber e Júlio Garcia.





logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br