poder

CPI da pandemia marca data para ouvir governador Carlos Moisés

Foto: Murici Balbinot/Arquivo

O governador Carlos Moisés (PSL) irá prestar depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19, no dia 6 de julho. A data foi anunciada nesta terça-feira (8), pelo presidente da CPI da pandemia, senador Omar Aziz (PSD/AM).

Moisés será o quinto governador a ser ouvido. Antes dele serão: Helder Barbalho (PA) no dia 29 de junho; Wellington Dias (PI) no dia 30 de junho; Ibaneis Rocha (DF), no dia 1º de julho; e Mauro Carlesse (TO), no dia 2 de julho.

Depois do governador catarinense, ainda serão ouvidos os governadores Antônio Garcia (RR), no dia 7 e Waldez Góes (AP), no dia 8.

Moisés pediu ao STF para não depor no caso, mas o Tribunal ainda não se pronunciou. 

Pelo acordo da CPI, só serão ouvidos governadores de estados em que houve operações da Polícia Federal apurando supostos desvios durante a pandemia. Santa Catarina entraria na lista pelo caso da compra dos 200 respiradores da Veigamed. 




logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br