Poder SC 040 - Moisés vai pessoalmente

Foto: Bruno Collaço/Agência AL

Arquivos

Moisés vai pessoalmente

A iniciativa do governador Carlos Moisés da Silva de ir pessoalmente à Assembleia Legislativa de SC (Alesc) para negociar um projeto (aquele dos recursos estaduais para obras federais) marca um novo momento do Executivo. Moisés coloca a mão na massa na articulação política e o faz jogando fora de casa. Talvez o leitor vá lembrar que à época do secretário da Casa Civil, Douglas Borba, havia muita reclamação quanto à condução política do governo. Borba centralizava as demandas e blindava o governador de interesses dos deputados. O seu substituto, Amandio João da Silva Júnior, teve como uma das primeiras ações colocar um número de celular à disposição dos parlamentares para falarem com Moisés. A medida virou piada por Laércio Schuster (PSB), que passou a ostentar um telefone vermelho modelo antigo durante as sessões. Amandio caiu rápido e vieram os processos de impeachment. Reconhecidos os erros, Moisés tenta garantir o diálogo e uma base aliada, desta vez sem intermediários.


ROSTO DO GOVERNO

A destinação de recursos para BRs tem um gosto especial para o governo. Poderá ser o símbolo máximo de Moisés na política: o governador que fez acontecer as obras federais e com recursos próprios, sem empréstimos, fruto da própria economia. É uma estratégia interessante, já que o governo não conseguiu capitalizar o fim das ADRs e nem a inauguração da Ponte Hercílio Luz. Para piorar, a construção da imagem de um governo austero caiu por terra com o caso dos respiradores. Se Moisés fizer andar as obras de infraestrutura, poderá colar a fama de que economiza e gasta bem, ao mesmo tempo.


CONVERSEI com três julgadores do tribunal misto esta semana: Fabiano da Luz (PT), José Milton Scheffer (PP), e Valdir Cobalchini (MDB). Os três contam nos dedos as mensagens recebidas após a divulgação dos seus números de telefone na internet. Muito pouco e a maioria de DDD 47.


NESSE entra e sai de Moisés e Daniela, a pasta mais afetada foi a Comunicação. João Cavalazzi, o novo secretário, é o sexto a ocupar o cargo. Antes dele, vieram Ricardo Dias, Gonzalo Pereira, Carlos Rocha, Jefferson Douglas, e Miguel Bertolini. Isso em dois anos e cinco meses.



A Poder SC é uma coluna impressa semanal da Agência Adjori/SC de Jornalismo. Atualmente, a veiculação acontece em mais de 20 jornais associados em todas as microrregiões de Santa Catarina. A coluna traz conteúdos relevantes da política estadual e dos poderes constituídos. Veja todas as edições.




logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br