Logo Jornal

Sábado, 25 de Maio de 2024




Homenagem

Sessão solene marca a entrega da Comenda do Legislativo Catarinense 2023

Visite nossa rede social @rcnonline_sc

Solenidade foi realizada na noite desta segunda-feira (20)

Sessão solene marca a entrega da Comenda do Legislativo Catarinense 2023
Foto: FOTO: ASCOM
-

A Assembleia Legislativa realizou na noite desta segunda-feira (20) a entrega da Comenda do Legislativo Catarinense 2023. A solenidade de outorga da mais alta honraria concedida pelo Parlamento estadual ocorreu no Plenário Deputado Osni Régis, na presença de autoridades, homenageados e familiares.

Na edição deste ano, a 14ª da história da honraria instituída por meio da Resolução 8/2008, 43 pessoas físicas e jurídicas foram agraciadas com a comenda, que reconhece os feitos daqueles que desempenham papel relevante na sociedade. Na sessão desta segunda, coube ao deputado Mário Motta (PSD) se manifestar em nome dos parlamentares catarinenses.

Ao iniciar o discurso, ele lembrou das enchentes que atingem várias regiões do estado desde outubro e demonstrou solidariedade às vítimas. “Peço que transmitam nosso pensamento, nossas energias e nossas orações”, disse.

Motta lembrou que a comenda é a mais alta honraria concedida pela Alesc e que a entrega dela é um momento de celebração e gratidão.

“É com grande emoção e honra que nos reunimos esta noite para celebrar e reconhecer aqueles que por meio de seu compromisso social e empreendedorismo – pessoas, empresas e instituições – têm deixado uma marca permanente em nosso estado”, afirmou. “Promovem ações relevantes e de destaque, uma maneira de cultivar as sementes da excelência que todos vocês inseriram nessa abençoada terra de Santa Catarina e que, ao brotar, fazem diferença na sociedade.”

A sessão solene foi comandada pelo presidente da Assembleia, deputado Mauro de Nadal (MDB). Ele destacou que a solenidade deste ano ocorreu no Dia Nacional da Consciência Negra, “um dia especial em que podemos refletir sobre a necessidade de nos empenharmos na construção de uma sociedade plural e integradora”.

O deputado também destacou a figura de Antonieta de Barros, a passagem recente da deputada Vanessa da Rosa (PT) pelo Parlamento e o Programa Antonieta de Barros (PAB), desenvolvido pela Alesc. “Entendemos que ainda há muito a ser feito pela inclusão”, afirmou Nadal.

Sobre a solenidade, o presidente lembrou que a comenda é um reconhecimento a quem faz a diferença em Santa Catarina. “Vivemos uma noite memorável. A comenda é concedida a quem faz a diferença em favor de Santa Catarina e sua gente.”

Os homenageados foram representados pelo procurador Fernando da Silva Comin, ex-chefe do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e atual membro do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Ele também fez referência ao Dia da Consciência Negra e citou a professora Jeruse Mourão, única pessoa negra homenageada na comenda deste ano.

No discurso, Comin ressaltou os indicadores positivos do estado, destacou a importância da prática da boa política para a democracia, além do papel do Poder Legislativo nesse processo. “Sem a ação positiva do Parlamento, nenhum direito, nenhuma política pública, nenhuma garantia fundamental pode ser implementada e assegurada pelos demais poderes”, acrescentou.

Ele também apontou que os homenageados representam a diversidade do estado. “Não podemos perder de vista a importância desta sessão, do reconhecimento da atuação de cada homenageado pelos legítimos representantes do povo na formação desse patrimônio imaterial inestimável que é o orgulho de ser catarinense.”

Além da entrega da honraria, a sessão também teve apresentações musicais. A execução do Hino Nacional Brasileiro e do Hino de Santa Catarina coube ao barítono Juan Pablo Rodrigues, acompanhado do tecladista Natan Medeiros. O duo de contrabaixo e voz “A corda em si”, composto por Mateus Costa e Fernanda Rosa, também se apresentou.

Participaram da sessão solene o secretário de Estado da Segurança Pública, Paulo Cesar Ramos de Oliveira, que representou o governador Jorginho Melo (PL); o desembargador Gerson Cherem II, do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC); o procurador geral de Justiça Fábio Trajano; o presidente em exercício do Tribunal de Contas do Estado (TCE), conselheiro José Nei Ascari; e o prefeito de Florianópolis, Topázio Neto (PSD).

logo_rodape

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br