Educação

Universidade Corporativa do CREA-SC já oferece benefícios aos profissionais

A iniciativa está amparada na cooperação e parceria com as instituições de ensino, entidades de classe e empresas do setor tecnológico do estado, além de órgãos do Sistema Confea/Crea e Mútua

Foto: Divulgação
O foco da Universidade é o aperfeiçoamento e qualificação dos profissionais registrados e a capacitação do público interno, como conselheiros, inspetores e colaboradores.

O CREA-SC tem passado por mudanças estruturais visando o seu desenvolvimento e expansão, onde um dos maiores focos de transformação são as pessoas. O Planejamento Estratégico 2021-2023 tem entre suas premissas promover o engajamento e a cultura orientada aos resultados, aos profissionais, à eficiência, inovação e à transformação digital, e desenvolver competências organizacionais de acordo com esses novos objetivos.

A Universidade Corporativa do CREA-SC - UNICREA está em pleno desenvolvimento e vários benefícios já estão disponíveis. O foco da Universidade é o aperfeiçoamento e qualificação dos profissionais registrados e a capacitação do público interno, como conselheiros, inspetores e colaboradores.

A iniciativa está amparada na cooperação e parceria com as instituições de ensino, entidades de classe e empresas do setor tecnológico do estado, além de órgãos do Sistema Confea/Crea e Mútua. Esse movimento vem ao encontro dos anseios dos profissionais do sistema.

Já foram firmados convênios com instituições que procuraram o CREA-SC, como Acafe, PUC, Credcrea, FURB, IPOG, MAPPA/Horus, UNOCHAPECÓ, Sebrae, Unisul, Unoesc e Xpeed, e outros ainda estão em fase de tramitação para serem efetivados. Em 2022 será lançado o Edital Público de Credenciamento para todas as Instituições que queiram participar da UNICREA.

Os benefícios e oportunidades que já estão disponíveis serão divulgados em nossa agenda de eventos e nas redes sociais do CREA-SC.

Programa está alinhado com as propostas do CNP - No 10º Congresso Nacional de Profissionais, no âmbito das "Inovações Tecnológicas - Estratégias da Engenharia, da Agronomia e das Geociências para o Desenvolvimento Nacional", as quais, indiscutivelmente, se desdobram como Políticas Públicas, definiu-se como Proposta Nacional Sistematizada de nº 6:

"Que o Sistema Confea/Crea e Mútua fomente ações junto às diversas instâncias de governo, bem como instituições de ensino superior, para criar mecanismos e estruturas que possibilitem e incentivem investimentos em pesquisa, desenvolvimento e inovação tecnológica, bem como para promover a difusão dessas tecnologias para facilitar o acesso dos profissionais e empresas de todas as regiões."

Em continuidade, no âmbito da "Atuação Profissional - A governança da política de infraestrutura brasileira sob a ótica da Engenharia", possuindo como desdobramento a área da Capacitação, definiu-se como Proposta Nacional Sistematizada de nº 25:

"Que seja implementado um Programa de Aperfeiçoamento Profissional - PAP em nível Federal (Confea) ou regional (Creas) e com a participação das entidades de classe, inclusive por meio de plataforma digital, cursos de especialização, MBA ou extensões, contribuindo para o estabelecimento de processos e atualização dos profissionais do Sistema e fomento à capacitação profissional.




logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br