SAÚDE

SC registra terceiro caso suspeito de hepatite desconhecida em crianças

Brasil já tem cerca de 30 casos suspeitos da doença

Fernanda Kleinebing | Agência Adjori/SC de Jornalismo
Foto: Agência Brasil

A Diretoria de Vigilância Epidemiológica (DIVE) da Secretaria de Estado da Saúde de Santa Catarina (SES/SC) confirmou o terceiro caso suspeito de hepatite de etiologia desconhecida na quinta-feira, 12.

O caso notificado é de uma criança de 3 anos, de São José, na Grande Florianópolis, com registro do início dos sintomas no mês de abril. O paciente está internado em um hospital de Florianópolis e teve sorologias negativas para hepatite A, B e C.

O Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde de Santa Catarina (CIEVS/SC) recebeu a primeira notificação de caso suspeito em uma criança de 7 anos, em 6 de maio e o segundo em um adolescente de 16 anos, em 9 de maio de 2022.

No mundo todo, já foram confirmados mais de 150 casos em 20 países, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). A hepatite causa sintomas como diarreia, vômitos e dores abdominais nas crianças. Alguns casos, graves, necessitam de transplante. O Brasil já tem cerca de 30 casos suspeitos.




logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br