coronavírus

SC autoriza vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos; veja detalhes

Imunização do grupo só iniciará após o fim da vacinação dos adultos

Foto: Cristiano Andujar/PMF/Divulgação

A Comissão de Intergestores Bipartite (CIB), que reúne gestores de saúde estaduais e municipais, aprovou em reunião nesta terça-feira (24) o início da vacinação para adolescentes com e sem comorbidades entre 12 e 17 anos. A autorização para os adolescentes com comorbidades, deficiências permanentes graves, gestantes e puérperas já havia sido liberada na sexta-feira (20), mas apenas com a chamada 'xepa' da vacina. Agora, a imunização está permitida, mas apenas após o término da aplicação da primeira dose à população adulta acima de 18 anos. 

"A vacinação vai ser feita a partir do início do envio de doses pelo Ministério da Saúde e será operacionalizada pela Secretaria de Estado [...] a partir do momento que todos os municípios cumprirem a vacinação de adultos acima de 18 anos", disse o superintendente de Vigilância em Saúde de Santa Catarina, Eduardo Macário. A previsão inicial é começar em 1º de setembro. 

As doses serão encaminhadas com uma divisão de 90% para adolescentes entre 12 e 17 anos de modo geral (estimativa de 500 mil pessoas) e 10% para imunização de adolescentes entre 12 e 17 anos com comorbidades, grávidas, puérperas, lactantes, com deficiência permanente, indígenas, quilombolas, e privados de liberdade (cerca de 50 mil pessoas). O total do grupo é 550 mil. 

A CIB vai emitir um comunicado aos municípios especificando quais as comorbidades serão contempladas. Entre elas, diabetes, obesidade grave, algumas doenças neurológicas, doenças hepáticas crônicas, doenças pulmonares crônicas, entre outras.








logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br