brasil

Quatro projetos do Fundo JBS pela Amazônia receberão mais de R$ 3 milhões

Foto: Agência Brasil

O Fundo JBS pela Amazônia acaba de receber mais de R$ 3 milhões (valor equivalente a US$ 600 mil) para investimento em projetos no bioma. A doação é da Overseas Resources Foundation Limited (ORFL) e será investida em quatro iniciativas do Fundo. Com exceção da doação inicial da JBS, de R$ 50 milhões, trata-se do maior aporte financeiro até o momento.

"Empresas e organizações de todo o mundo querem investir na Amazônia para ajudar no enfrentamento do aquecimento global e contribuir com um dos mais importantes biomas do planeta. Os projetos do Fundo abrangem uma diversidade importante do ecossistema da floresta e da bioeconomia regional", afirma Joanita Maestri Karoleski, presidente do Fundo JBS pela Amazônia.

A ORFL, que atua no segmento de couros e calçados e trabalha com um processo de produção que utiliza materiais reciclados, é a primeira instituição asiática a investir nos projetos de reflorestamento, ecoeconomia e P&D do Fundo JBS pela Amazônia. A quantia será distribuída ao longo de três anos e, a pedido da organização, será direcionada para os seguintes projetos:

Projeto Pesca Justa e Sustentável - fortalecerá a cadeia do pirarucu com a compra de uma embarcação para processamento do pescado e estudo de viabilidade para construção de uma indústria de processamento. O projeto terá dois anos e deverá beneficiar 450 famílias.

Programa Economias Comunitárias Inclusivas, nas Comunidades de Bailique e Beira Amazonas, no Amapá - em três anos o programa deve promover ampliação da renda de 240 famílias locais. Estão previstas a construção de fábrica própria para produção de polpa; a ampliação do portfólio de produtos de maior valor agregado; a elaboração de plano para liofilização do fruto, o que diminui custos da cadeia logística; além da construção de escolas e qualificação de jovens e mulheres para atuar na atividade.

AMAZ (Aceleradora & Investimentos de Impacto) - primeira aceleradora amazônica de negócios com foco no impacto socioambiental de negócios da floresta. A Amaz fomentará a aceleração de 30 startups em cinco anos que serão apoiadas por um fundo com recursos filantrópicos e investimentos privados, além da capacitação e mentoria nos negócios.

Parceria Técnica com a Embrapa - a iniciativa vai desenvolver pesquisas e tecnologias para aumentar o valor dos produtos da floresta, com inovações para alimentos plant-based, matérias-primas e insumos feitos a partir de nanofibras vegetais.





mais sobre:

JBS Geral



logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br