Logo Jornal

Quarta-Feira, 28 de Fevereiro de 2024




Terceiro Setor

ICOM mapeia mais de 1,5 mil organizações da sociedade civil atuantes na Grande Florianópolis

Visite nossa rede social @rcnonline_sc

Levantamento é o maior realizado em 18 anos e pretende gerar conhecimento sobre a atuação no terceiro setor em territórios vulneráveis da região

ICOM mapeia mais de 1,5 mil organizações da sociedade civil atuantes na Grande Florianópolis
Foto: Prefeirua de Florianópolis/Divulgação
- Das 1.589 organizações da sociedade civil atuantes na Grande Florianópolis, 803 operam na capital

A Grande Florianópolis tem 1.589 organizações da sociedade civil (OSCs) atuantes nos 22 municípios da região. Os dados são do Instituto Comunitário Grande Florianópolis (ICOM).  O objetivo do Mapeamento das OSCs da Grande Florianópolis 2023 é gerar conhecimento sobre a sociedade civil na região e identificar territórios onde há maior necessidade de políticas públicas e investimento da iniciativa privada para a promoção de justiça social.  

A pesquisa identificou Florianópolis como o município com o maior número de organizações (803), seguido de São José (323) e Biguaçu (112). Entre as causas, a maioria das entidades trabalha na Defesa de Direitos Sociais (908), Assistência Social (109), Arte e Cultura (90), Assistência Social/ Direitos da Criança e do Adolescente (84) e Saúde (84). 

O lançamento do Mapeamento das OSCs da Grande Florianópolis ocorreu em novembro, mês em que o ICOM completa 18 anos atuando no desenvolvimento comunitário na região.  "Quando o ICOM foi criado, em 2005, o primeiro passo foi fazer um mapeamento da atuação das organizações da sociedade civil e grupos de interesse público em Florianópolis, São José, Biguaçu e Palhoça. Agora, 18 anos depois, voltamos à nossa origem, ampliando nosso olhar para os 22 municípios da região, entendendo que conhecer o território é o primeiro passo para, em conjunto com as organizações e grupos que já atuam nesses locais, pensarmos na transformação social das áreas mais vulneráveis", afirma a coordenadora de projetos do instituto, Renata Pereira da Silva.

Os dados foram coletados junto às Secretarias de Assistência Social dos municípios, Vigilância Socioassistencial, Centros de Referência de Assistência Social (Cras), Associação dos Municípios da Grande Florianópolis (Granfpolis), e tem como fontes primárias a base de dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (Cnes) e Cadastro Nacional de Entidades de Assistência Social (Cneas). 

O estudo completo está disponível no site do ICOM: https://www.icomfloripa.org.br/mapeamentos-e-oscs/

O ICOM informa que se uma organização ou grupo não está contemplado no mapa, ou deseja alterar os dados, basta preencher o formulário que está disponível no site. 

Sobre o ICOM

O Instituto Comunitário Grande Florianópolis (ICOM) é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos e de interesse público, que desde 2005 promove desenvolvimento comunitário em Santa Catarina. A organização sonha que todas as pessoas possam viver em comunidades sem violência, preconceitos e injustiças. O ICOM acredita que a sociedade civil organizada apresenta caminhos possíveis para fortalecer a democracia e alcançar esse ideal. Por isso, a atuação é orientada por três eixos estratégicos:

    Conhecimento e articulação da comunidade: o ICOM pesquisa e conhece os avanços e desafios locais e pode influenciar políticas públicas, subsidiar a atuação da sociedade civil organizada e orientar o investimento social privado;

    Estímulo ao investimento social: o ICOM estimula que pessoas e empresas conheçam, se envolvam e doem para causas de interesse público;

    Fortalecimento da sociedade civil organizada: o ICOM fortalece organizações, grupos e movimentos para que sejam cada vez mais autônomos e capazes de lutar por direitos e coproduzir o bem público.

Mapeamento das organizações (por município)

Biguaçu: 118

Florianópolis: 803

Palhoça: 116

São José: 323

Águas Mornas: 02 

Alfredo Wagner: 07

Angelina: 08

Anitápolis: 10

Antônio Carlos: 06

Canelinha: 18

Garopaba: 30

Governador Celso Ramos: 14

Leoberto Leal: 02

Major Gercino: 05

Nova Trento: 13

Paulo Lopes: 11

Rancho Queimado: 12

Santo Amaro da Imperatriz: 16

São Bonifácio: 06

São João Batista: 23

São Pedro de Alcântara: 09

Tijucas: 37

Total: 1589

Categoria/causa de atuação 

Ambiental: 32

Arte e Cultura: 90

Assistência Social: 109

Assistência Social/ Direitos da Criança e do Adolescente: 84

Atividades de Rádio: 1

Defesa de Direitos Sociais: 908
Defesa de direitos Sociais/ Equidade de Gênero: 45

Defesa de direitos Sociais/ Equidade Racial: 14

Defesa de direitos Sociais/ LGBTQIA+: 9

Defesa de direitos Sociais/ Apoio a imigrantes: 4

Desenvolvimento Comunitário: 29

Educação: 74

Esportes: 21

ILPIs Sem Fins Lucrativos: 11

Organizações Religiosas: 39

Outros: 13

Pesquisa: 12

Proteção de animais: 10 

Saúde: 84


logo_rodape

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br