g. florianópolis

Florianópolis ganha escola que usa tecnologia para ajudar o aluno a estudar melhor

Foto: Divulgação

A necessidade de tomar decisões que podem definir seu futuro e a tensão causada pela proximidade do vestibular impactam os adolescentes que ingressam no ensino médio. Buscar meios de melhorar a rotina de estudos pode ser essencial nesse momento desafiador.

Especializado na condução dos alunos até as melhores faculdades, o Colégio e Curso AZ abre a primeira unidade no Estado, no Centro da Capital, e aposta na tecnologia como ferramenta para facilitar a organização dos estudantes e na customização do aprender, com um atendimento mais próximo e personalizado, criando um ambiente escolar estimulante e criativo.

O aplicativo próprio do colégio concentra vídeo-aulas, conteúdos em texto e listas de exercícios em um mesmo ambiente. Na tela do smartphone, tablet ou computador o aluno acompanha todas as atividades desenvolvidas e verifica em detalhes seu desempenho nos exercícios de reforço do conteúdo feitos em casa.

"O aplicativo ajuda o estudante a identificar disciplinas às quais ele precisa dar mais atenção", diz Rafael Visolli, que atua há mais de dez anos na área de educação, como professor e gestor, e será o coordenador do AZ Florianópolis.

Ele explica que o importante é usar as informações como auxílio para direcionar esforços e ganhar eficiência no estudo. "Ao perceber maior dificuldade em um ponto específico de determinada matéria, o aluno vai se concentrar ali".

Diretor da AZ Florianópolis, Erivaldo de Carvalho explica que os alunos não precisam decidir sozinhos por eventuais ajustes na rotina de estudos. A equipe do colégio acompanha todos resultados acadêmicos e usa os dados para identificar de forma rápida quem está em dificuldades. A partir daí, a ação é imediata.

"Optamos por ter turmas menores, preparamos a equipe e desenvolvemos uma metodologia específica para construir um modelo que oferece atendimento quase customizado para as necessidades de cada pessoa. Um aluno é sempre diferente dos demais - e precisamos ter isso em mente no momento de apoiá-lo", disse.

Nesse contexto, o aplicativo e a tecnologia são as faces mais visíveis de um método criado pela escola para melhorar a performance dos alunos. Todo o conteúdo de todas as disciplinas foi dividido em capítulos distribuídos ao longo do ano, com data para começar e terminar.

"Quando inicia o ano, o estudante já sabe quando terá um determinado conteúdo. Isso simplifica a organização dos estudos e facilita o trabalho do professor, que atua dentro de um cronograma definido anteriormente", diz Visolli. "Ao seguir um planejamento adequado, o aluno estuda de maneira mais eficiente e com resultados de aprendizagem mais efetivos. Podemos dizer que ele estuda melhor".

Com a implementação do novo Ensino Médio, obrigatório em 2022, e conectada com as mudanças de comportamento e hábitos dos jovens, a escola também vai ter disciplinas para o desenvolvimento de competências do futuro. Em disciplinas específicas, os alunos poderão aprender como criar a própria startup, a melhor maneira de administrar as finanças pessoais e fazer investimentos, e ainda ter uma preparação para serem cidadãos do mundo, com aulas para aqueles que desejam cursar uma faculdade em outro país, ter uma experiência internacional ou apenas entender a realidade de outras nações.




mais sobre:

Educação Geral



logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br