Coronavírus

Covid: Internações em SC mais do que dobraram em um mês

Foto: Divulgação/SES

Segundo dados divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) nesta quinta-feira (3), Santa Catarina tem 610 pacientes internados por Covid-19 em UTIs da rede pública. O número representa uma alta de 148% em relação a 30 dias atrás, quando 245 catarinenses estavam internados com a doença.

Atualmente, o percentual de ocupação de leitos SUS exclusivos para Covid está em 88%. Este é o maior número desde o início da pandemia. Entre os internados, 261 pacientes precisam de maior cuidado, sendo necessária ventilação mecânica para garantir a respiração.

A situação mais grave ocorre no Oeste, que registra 95% de ocupação. Na sequência aparecem Vale do Itajaí (93%), Sul (91%), Meio-Oeste e Serra (87%), Grande Florianópolis (87%), Planalto Norte e Nordeste (85%) e Foz do Rio Itajaí (81%).

De acordo com a SES, 22 hospitais não tem mais vagas para pacientes com Covid em leitos de UTI. Entre as regiões, apenas a Foz do Rio Itajaí não registra lotação em unidades hospitalares.

No fim de novembro o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde de SC (Cosems/SC) já havia alertado sobre um possível colapso no sistema de saúde catarinense. Na ocasião, os secretários sugeriram que o Executivo adotasse providências com base em orientações científicas, como medidas restritivas para aumentar o isolamentos social.

Este agravamento também é observado na rede privada. Em 30 dias a quantidade de catarinenses internados pela doença em hospitais particulares cresceu 205%, passando de 37 para 113. Destes, 66 estão utilizando ventilação mecânica.





logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br