coronavírus

Covid: Fila por UTI volta a crescer em Santa Catarina

Foto: Divulgação/Secom

A fila de catarinenses contaminados com Covid-19 aguardando uma vaga em leito de UTI cresceu nos últimos dias, após queda importante na semana passada. O Estado chegou a ter 24 pacientes esperando uma vaga, o menor número desde fevereiro, no último dia 14; a fila cresceu para 37 no domingo (16), 43 na segunda (17), e chegou a 52 nesta terça (18).

A má notícia marca a retomada das filas em mais regiões do Estado. Vale do Itajaí, Serra, Meio-Oeste, por exemplo, chegaram a zerar a espera nos últimos dias, mas a situação piorou nesta semana, com pedidos de transferências de pacientes graves para leitos de UTI.

Da fila de 52 pacientes desta terça, 31 são do Norte e Nordeste, 11 no Sul, sete no Meio-Oeste, dois na Serra e um no Vale do Itajaí. Grande Oeste, Grande Florianópolis, e Foz do Rio do Itajaí não registraram espera. 

A ocupação oficial de leitos de UTI SUS adultos em Santa Catarina é de 94,9%. As maiores taxas são da Foz do Rio Itajaí (100%), Meio-Oeste e Serra (99,5%), Grande Oeste (98,9%), Médio e Alto Vale do Itajaí (97,7%), Sul (97,3%), e Norte e Nordeste (95,7%).  Grande Florianópolis (80,3%) tem a situação mais tranquila.

Apesar de haver vagas disponíveis na rede, a fila permanece. Um dos problemas é a dificuldade de transferir pacientes entre as regiões, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES). Outro é a rotatividade de pacientes nos leitos disponíveis. 







logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br