Logo Jornal

Quarta-Feira, 28 de Fevereiro de 2024




FACISC

Bioeconomia começa a ser construída em Chapecó

Visite nossa rede social @rcnonline_sc

Bioeconomia começa a ser construída em Chapecó
Foto: Débora Sberse
- A capacitação mobiliza empresas nesta quarta (29/11) em Chapecó

O que empresas da cidade de Chapecó têm em comum? A vontade de fazer diferente. Profissionais de grandes indústrias como Aurora, Apti, Nord Eletric, Fullpack Embalagens e Gelnex, entre outras, estarão unidas em prol da bioeconomia, a ciência que estuda os sistemas biológicos e recursos naturais aliados a utilização de novas tecnologias com  propósitos de criar produtos e serviços mais sustentáveis. Juntas elas estão em formação do núcleo de Bioeconomia na Associação Empresarial de Chapecó (ACIC), que foi escolhida por conta da sua relevância econômica e inovadora, junto com outras duas cidades catarinenses: Florianópolis e Blumenau, para participar do Programa Arandu de Bioeconomia.
O primeiro treinamento acontecerá nesta quarta (29/11) e quinta (30/11), em Chapecó na ACIC e vai reunir 15 profissionais de empresas que querem mudar a realidade da economia chapecoense. A iniciativa tem como objetivo desenvolver um Núcleo de Bioeconomia para criar produtos e serviços mais sustentáveis nas empresas participantes através da melhoria da cooperação entre entidades e o setor produtivo.
A Associação Empresarial de Chapecó é a parceira local do programa que tem como desenvolvedores a Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc) e a Cooperação Brasil-Alemanha para o Desenvolvimento Sustentável, organização alemã que atua no País desde a década de 1960. A execução do programa terá ainda a parceria do Senai e Instituto Del. O Programa selecionou, dentre os associados, empresas com potencial e interesse em participar.
Segundo o superintendente do Instituto Del, Osmar Vicentin, scouts de inovação são pessoas ou equipes que procuram identificar tendências, tecnologias emergentes, oportunidades de mercado e ideias inovadoras. “Esses scouts monitoram eventos, participam de conferências, analisam dados e mantêm-se atualizados para identificar as melhores oportunidades de aplicar novas ideias.”


Em Blumenau, o mesmo treinamento foi aplicado no dia 22 de agosto na sede da Associação Empresarial de BlumenauDivulgação
logo_rodape

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br