Logo Jornal

Sábado, 13 de Abril de 2024




Internação humanizada

Assim como Florianópolis, São Miguel do Oeste anuncia internação humanizada para pessoas em situação de rua

Visite nossa rede social @rcnonline_sc

Ideia é que pessoas em situação de vulnerabilidade decorrente de vícios tenham uma nova oportunidade de viver com dignidade

Assim como Florianópolis, São Miguel do Oeste anuncia internação humanizada para pessoas em situação de rua
Foto: ASCOM
- Prefeito Wilson Trevisan

No que depender do poder público municipal de São Miguel do Oeste, nenhuma pessoa em vulnerabilidade, dependência química ou com transtornos mentais decorrentes de vícios, permanecerá em situação de rua na cidade.

O prefeito, Wilson Trevisan, está encaminhando à Câmara um Projeto de Lei com o objetivo de promover, de forma humanizada, o tratamento médico e acompanhamento multidisciplinar destas pessoas. A iniciativa leva em conta um aumento que vem sendo observado na incidência dessa condição.

Trevisan explica que essas pessoas serão abordadas e identificadas pelas secretarias de Assistência Social e Saúde, as quais farão o diagnóstico de cada situação. Em seguida, se for o caso, a pessoa será encaminhada para internação humanizada em instituições especializadas.

“Vamos cuidar e tratar de cada um da maneira que for mais adequada, mas ninguém ficará morando nas ruas da nossa cidade, em condições precárias de dignidade e segurança. Todos terão a oportunidade de receber um bom tratamento, e serem reinseridas em suas famílias”, destaca o prefeito.

Trevisan complementa, ainda, que os beneficiados ainda receberão cursos profissionalizantes e participarão, provisoriamente, de um programa de desacolhimento, para que possam retornar ao mercado de trabalho e ao convívio comunitário, com mais qualidade de vida.


ASCOM

logo_rodape

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br