Logo Jornal

Terça-Feira, 23 de Abril de 2024




Eleições municipais

Regional do PL anuncia intervenção em Indaial e pode rever liderança de Laércio

Visite nossa rede social @rcnonline_sc

O deputado estadual e coordenador regional do PL, Ivan Naats, foi designado para arbitrar e tentar resolver a situação, informa o Jornal do Médio Vale, de Timbó.

Regional do PL anuncia intervenção em Indaial e pode rever liderança de Laércio
Foto: Agência AL
-

A direção Regional do PL, sob a coordenação do deputado estadual Ivan Naats, decidiu intervir no Diretório Municipal do PL de Indaial, afastando, temporariamente, toda a diretoria, que é presidida pelo empresário Clério Ribeiro, com apoio da liderança do ex-deputado estadual e ex-prefeito de Timbó, Laércio Schuster Junior, pré-candidato a prefeito para as eleições de 2024. A intervenção decorre de um impasse entre as lideranças locais do Partido. O grupo liderado pelo prefeito, André Moser, que detém o comando da prefeitura e a estrutura política há vários anos, rompeu com o ex-deputado Laércio, que foi indicado pelo governador Jorginho Melo, para liderar a sigla com Moser e concorrer a prefeito de Indaial.

O governador Jorginho Melo, que preside o Partido no estado, foi informado sobre as controvérsias e se mostrou surpreso com as informações repassadas a ele por Laércio e os contrapontos, informados pela Regional e o grupo do prefeito André Moser. O governador Jorginho liberou a Regional a adotar a melhor posição para o Partido, visando sanear o impasse e preparar a legenda para a disputa eleitoral. O coordenador Regional, Ivan Naats, vai tentar reunir os dois grupos e buscar uma conciliação. Caso não seja possível, o grupo de Moser pode assumir a direção partidária.- 

O Impasse

O ex-deputado Laércio Schuster Junior, então filiado ao União Brasil, perdeu a reeleição a deputado estadual, ficando na primeira suplência, mas logo que deixou a Alesc, foi procurado pelo presidente estadual do PL, o governador Jorginho Melo, para auxiliar na organização do Partido no Médio Vale do Itajaí. Laércio havia conseguido uma boa votação em Indaial, além de estar em relacionamento com uma empresária indaialense, passando a residir na cidade, onde mantinha apoios de alguns colaboradores de seu gabinete na Alesc.

Paralelamente, o governador Jorginho Melo convidou o prefeito André Moser para se filiar ao Partido. Então, Moser e Laércio foram a Brasília e tiveram a bênção do líder nacional do PL, o ex-presidente Jair Bolsonaro. Tudo ia bem, até que Laércio, pré-candidato a prefeito, representando o Executivo Municipal e Estadual para as eleições de 2024, passou a tomar atitudes consideradas atípicas na política indaialense, desagradando o grupo de Moser. O prefeito passou a ser muito cobrado e alertado sobre a conduta presente e do passado de Laércio, gerando um clima de desconfiança entre ambos.

Golpe familiar

Percebendo o distanciamento de André Moser e seu grupo, Laércio procurou meios de confrontar o prefeito e o ápice foi a filiação, na surdina, da ex-primeira Dama, divorciada de Moser, Elaine Pickler, em um encontro com o governador Jorginho Melo, em Florianópolis. Na ocasião, Jorginho foi convencido de que a filiação tinha o aval de Moser e que ela poderia concorrer a vice-prefeita, em chapa eventualmente liderada por Laércio. A promessa de candidatura a Elaine, foi considerada pelo prefeito Moser uma enganação, pois ela está impedida de concorrer à majoritária, pois ainda estava casada com ele (Moser) quando assumiu o Segundo mandato, em 2021.

Hoje ambos estão divorciados judicialmente agora, mas a lei vale para o mandato inteiro, o que a impede de concorrer nesta eleição. Moser tem uma relação cordial com Elaine, pois dividem a criação de um filho, e ficou chateado por ela estar sendo iludida por Laércio sobre eventual candidatura. A atitude de Laércio em relação a Elaine, foi classificada por Moser como um golpe politico.

PL sem problemas

A situação do PL de Indaial, com a liderança do ex-deputado Laércio Schuster Junior, passou a ser um problema para a direção estadual. Segundo uma fonte do Partido na regional, em conversa com o JMV, é o único diretório que tem divisão interna e o presidente estadual, governador Jorginho Melo, desconhecia o impasse, por isso determinou que a Coordenação Regional, sob a liderança do deputado estadual, Ivan Naats, faça a arbitragem sobre a questão. Naats já anunciou a necessidade de intervenção, que pode ocorrer com uma reunião entre as partes, para eventual conciliação, mas não descartou anular filiações, caso não se chegue a um entendimento entre as partes confrontantes.

Indaial 90 anos

O prefeito André Moser tem evitado dar respaldo às polêmicas sobre a política local, especialmente esta semana, quando a cidade está comemorando seus 90 anos de Emancipação Política, através da FIMI – Festa de Instalação do Município de Indaial, realizada no Parque Jorge Hardt.

Em toda a programação o prefeito André Moser está sendo acompanhado por seus fiéis apoiadores, como os vereadores Jonas Lima, Flávio Molinari, secretários e até políticos independentes, como a vereadora Ana Paula Reiter, que é pré-candidata do NOVO a prefeita.

Laércio não foi visto com Moser, como ocorria em outros eventos anteriormente, o que só contribui para respaldar o clima de distanciamento entre as lideranças do PL local.

Demissões na prefeitura

A semana foi de mudanças na administração do prefeito André Moser, com a saída de 8 secretários e diversos assessores. Algumas exonerações são decorrentes do prazo estabelecido pela Lei Eleitoral, para quem quer concorrer nas eleições deste ano. Outros casos, deixaram dúvidas e podem ter influência sobre a divisão interna. Secretários com estreita relação com Laércio e que não estavam mapeados para disputar as eleições, deixaram seus cargos. O prefeito André Moser preferiu não se manifestar sobre as exonerações, devido as festividades na cidade.

Deixaram seus cargos, via exoneração a pedido ou iniciativa do prefeito, os secretários: Valentin Blasius – Obras, que retorna à Câmara de Vereadores; Marli Wesrphal Menegazzi – Fundação Indaialense de Cultura; Ademir Packer – Fundação Municipal de Esportes; Marcio Senhorst – Educação; Silvio Cesar da Silva – Administração e Finanças, que foi transferido para Interventor do Beatriz Ramos; Adriani Ferrari NICA – Interventora no Hospital Beatriz Ramos e Lindomar Lindner – Desenvolvimento Social, que deixou o cargo anteriormente, retornando à Câmara de Vereadores. O secretário de Saúde, Jonatas Rosenbrock, deixará o cargo no dia 31 de março, para disputar as eleições.

Atualização de dados

A primeira versão desta notícia informou que o presidente do PL, em Indaial, era o ex-prefeito de Timbó e ex-deputado estadual, Laércio Schuster Junior, mas ele é, de fato, o pré-candidato a prefeito e nome indicado pelo governador Jorginho Melo para concorrer ao cargo de prefeito. Laércio é o líder em disputa com o prefeito, André Moser, pela liderança do partido. O presidente do PL de Indaial, em Comissão Provisória, é o empresário Clério Ribeiro.

O governador Jorginho Melo, após as informações que vem recebendo, determinou ao deputado estadual e coordenador regional do PL, Ivan Naats, para arbitrar e tentar resolver a situação.


Jornal do Médio do Vale, de Timbó, associado da Adjori/SC

logo_rodape

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br