energia

SCGÁS tem dois processos de contratação de gás natural em andamento

Foto: Divulgação/SCGÁS

A Companhia de Gás de Santa Catarina (SCGÁS) lançou em março uma chamada pública em parceria com outras quatro distribuidoras de gás natural do Sul, Centro-Oeste e Sudeste a fim de contratar novos fornecedores do insumo. A ação, em parceria com empresas do Rio Grande do Sul, Paraná, Mato Grosso do Sul, e São Paulo, busca um fornecimento diário de mais de 6 milhões de m³ de gás natural.  

O objetivo é complementar a oferta do energético nas regiões. Isso porque o atual contrato assinado pelas distribuidoras com a Petrobras prevê uma redução da participação da estatal a partir de 2022, espaço que será ocupado por novas empresas. O recuo no mercado de gás faz parte dos planos da própria Petrobras de desinvestir no setor. 

O plano é iniciar com 3,5 milhões de m³ diários e substituir o atual contrato progressivamente, chegando a 6 milhões a partir de 2024, quando encerra o contrato com a estatal brasileira. 

Esta é a terceira chamada pública da SCGÁS em dois anos. A primeira corresponde ao contrato com a Petrobras e foi assinado em 2020. A segunda está em andamento e prevê a oferta de mais 300 mil m³ diários apenas para Santa Catarina. O ingresso do insumo por essa segunda chamada, provocado pela alta no consumo, deve iniciar a partir de julho.

"A chamada pública visa garantir o suprimento adicional e manter a segurança operacional do nosso sistema de distribuição, considerando a demanda do mercado e nossos projetos de ampliação da oferta. Com a diversificação dos supridores nosso objetivo também é, no médio prazo, levar um gás natural mais competitivo para cada vez mais regiões do Estado", afirmou o presidente da SCGÁS, Willian Anderson Lehmkuhl.






logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br