Logo Jornal

Terça-Feira, 23 de Abril de 2024




Perdigão promove seminário para produtores

Visite nossa rede social @rcnonline_sc

Evento tem como objetivo estimular a produção de milho e contribuir para a redução de déficit do grão no Estado

 Perdigão promove amanhã (22/08) o V Seminário Técnico da Cultura do Milho, com o objetivo de discutir soluções para melhorar a produtividade das lavouras, garantir a qualidade do grão e diminuir custos. O evento busca, também, sensibilizar os produtores sobre o potencial de uma nova fronteira agrícola no Planalto Norte, região para a qual o governo estadual pretende direcionar esforços e recursos para a produção de pequenos animais em regime de parceria integrada. A abertura oficial do seminário, que deve reunir cerca de 1.200 produtores de todo o Estado, será realizada pelo secretário de Agricultura, Moacir Sopelsa, que falará sobre ?Programa de incentivo à produção e comercialização?.

 

O evento é uma importante iniciativa no sentido de fornecer subsídios técnicos para que Santa Catarina possa alcançar auto-suficiência na produção de milho nos próximos três anos. Na edição de 2003, os participantes poderão assistir às palestras ?Mercado do milho e suas tendências?, de Simão Brugnato Neto, do Instituto CEPA, de Florianópolis (SC); ?Tecnologia da utilização de dejetos suínos na produção de milho?, de Egídio Kozen, pesquisador da Embrapa de Sete Lagoas (MG); e ?Alternativas para expansão do cultivo de milho e suínos em Santa Catarina?, a ser apresentada por Mário Faccin, da Master Agropecuária, de Videira (SC).

 

Desde 1995, a Perdigão tem estimulado o aumento da produção de milho entre seus integrados. Uma série de iniciativas como análise de solos, fornecimento de sementes subsidiadas pelo governo, implantação de técnica de plantio direto, silagem de grãos e uma completa assistência técnica, contribuíram para aumentar a safra regional ano a ano.

 

A soma destas ações ajudou a reduzir o déficit de produção de milho em Santa Catarina, estimado hoje em 600 mil toneladas/ano. No início do programa, a produtividade média dos integrados da Perdigão era de 4.800 quilos por hectare. Para 2003, a expectativa é que fique acima de 7.000, patamar considerado excelente.

logo_rodape

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br