Economia

Número de contratos do BRDE para o setor de comércio e serviços em Santa Catarina cresce 162%

Aumento em 2021 comparado ao ano anterior se deve ao atendimento para micro, pequenos empresários e MEIs afetados pela crise da Covid-19.

Foto: Divulgação
O crescimento ocorreu por conta do SC Mais Renda Empresarial e do Recupera Sul

O Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) registrou em 2021, aumento de 162,5% no número total de contratos voltados para o setor de comércio e serviços em Santa Catarina, na comparação com o ano anterior. Ao todo, foram 2449 contratos realizados, chegando ao montante de R$ 472 milhões. Em termos de recursos disponibilizados, comparado a 2020, representa um crescimento de 117,5%.

"Com a chegada da pandemia, esse é o segundo movimento consistente de crédito que o BRDE realiza em pouco mais de um ano, sempre com o objetivo de manter a atividade econômica e, principalmente, o emprego. Com a crise mundial, ajustamos nosso foco procurando viabilizar crédito, especialmente capital de giro, para o pequeno empreendedor. Além dos juros subsidiados, temos prazo de carência e amortização que atendem a necessidade de quem busca o recurso", ressalta o vice-presidente e diretor de Acompanhamento e Recuperação de Crédito, Marcelo Haendchen Dutra.

O crescimento ocorreu por conta do SC Mais Renda Empresarial e do Recupera Sul, programas desenvolvidos pelo banco para oferecer capital de giro e possibilitar que as empresas pudessem se manter durante a crise causada pela pandemia.

Para o diretor financeiro do BRDE, Eduardo Pinho Moreira, "estes recursos foram fundamentais para a retomada da economia do Estado com a contratação de mais mão de obra, abertura de novos empregos e geração de renda".

Ele destaca que o BRDE bateu recordes em investimentos no ano de 2021. "Entendendo a necessidade do mercado, o BRDE criou ou apoiou novos produtos, oferecendo capital de giro. Em especial, o SC Mais Renda Empresarial, uma iniciativa do Governo do Estado, repassou recurso a juro zero para micro e pequenas empresas, algo inédito na operação do banco", explica Pinho.

SC Mais Renda Empresarial - Lançado pelo Governo do Estado no final de julho do ano passado, o programa SC Mais Renda Empresarial beneficiou micro e pequenas empresas e os microempreendedores individuais (MEIs) catarinenses. A iniciativa foi viabilizada pela Secretaria de Estado da Fazenda e contou com a operacionalização feita pelo BRDE. O SC Mais Renda Empresarial concedeu R$ 263 milhões até o dia 31 de dezembro, somando mais de 6 mil contratos distribuídos em 218 municípios. Além dos financiamentos a juro zero, subsidiado pelo Governo do Estado, o impacto na manutenção dos empregos também é destaque com quase 15 mil empregos preservados.




logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br