Logo Jornal

Terça-Feira, 23 de Abril de 2024




Mais presença na comunidade

Visite nossa rede social @rcnonline_sc

O presidente da FCDL tenciona estimular as 139 Câmaras de Dirigentes Lojistas a atuar mais ativamente em suas comunidades, contanto, inclusive, com os

O presidente da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas, Sido Gessner Júnior, vai concentrar esta sua nova gestão à frente da entidade em duas grandes metas:

1) incentivar lideranças, em prol de uma atuação mais ativa da CDL na comunidade

2) estimular a troca de experiências para otimizar o desempenho dos lojistas filiados

Mesmo recém-empossado, Gessner já está dando andamento às propostas, promovendo reuniões para incutir o espírito de liderança nas presidências das Câmaras de Dirigentes Lojistas, espalhadas por todas as regiões do Estado. Acompanhe os principais pontos da entrevista exclusiva concedida à Rede Catarinense de Notícias.

O papel das lideranças

Sido Gessner acredita que cada presidente de CDL deve ser um verdadeiro líder de seu setor e, com isso, transformar a entidade em uma liderança na comunidade. "E um líder sabe envolver sua equipe e fazer com que toda a diretoria incorpore esse espírito, buscando um maior envolvimento comunitário, nas questões sociais, nos projetos e discussões sobre o desenvolvimento econômico do município, atuando mais firmemente em defesa dos interesses de suas comunidades", defende ele e justifica: " Uma população com maior acesso à saúde, com mais educação, mais emprego gera um comércio mais dinâmico e melhores consumidores".

Segundo o presidente da FCDL, ao atuar ativamente em sua comunidade, a CDL tende a ganhar projeção e incorporar mais associados, fortalecendo a entidade. "O seu presidente - no papel de líder - também ganha respeito, notoriedade, o que traz uma satisfação pessoal muito grande. Poder contribuir com o desenvolvimento, com a melhoria de vida de uma comunidade - por menor que seja - é tremendamente gratificante", assegura ele.

Troca de experiências

Outra boa e velha prática que Gessner tenciona ativar é a troca de experiências. "Existem CDLs em cidades grandes, médias e pequenas, que são bem organizadas e muito bem sucedidas e que podem transmitir suas receitas de sucesso às demais entidades", acentua. A idéia da Federação, segundo ele, é promover encontros para que essas histórias empresariais possam servir de exemplo.

Receitas de sucesso - O presidente da Federação informou que tenciona premiar as CDLs pela apresentação de suas experiências e cita alguns tipos de iniciativas que, implantadas com êxito em algumas cidades, poderão ser incorporadas por outras.

? promoções de vendas, com sorteios

? campanhas natalinas

? decoração de vitrines

? planos de saúde

? cooperativas de crédito

Aproximação com os jornais locais

Gessner defende claramente uma maior aproximação das Câmaras de Dirigentes Lojistas com os jornais locais. "Mais do que dos jornais estaduais, são eles que falam diretamente às suas comunidades e com a linguagem de suas comunidades", diz ele lembrando que ele mesmo construiu uma relação muito boa com os jornais locais, na região de Timbó, de onde vem. " Os jornais locais são receptivos e interessados em todos os assuntos que tem a ver com a região que atuam e a CDL muitas vezes está promovendo ações de interesse da população local. Costumo recomendar aos nossos presidentes de CDLs: Peguem o telefone e liguem para os jornais locais. Contem as eles as novidades".

Assessoria de expansão

As 139 Câmaras de Dirigentes Lojistas existentes no Estado atendem, segundo Gessner, cerca de 200 municípios. Para estimular a criação de novas entidades, a Federação mantém uma assessoria de expansão que orienta sobre os primeiros passos (criação do estatuto, formato de reuniões, etc) e ainda acompanha a nova CDL por um período de seis meses.

O comércio é o espelho

O presidente da FCDL tem por hábito dizer que o comércio é o espelho da cidade. Um cidade com comércio organizado mostra vida, dinamismo, efervescência", assegura. Ele também costuma alertar seus pares lojistas que descuidar do empreendimento é correr risco de perder consumidores. "Uma loja mal conservada, desorganizada, sem atrativos acaba levando o cliente para outro ponto de venda, às vezes até mesmo em outra cidade".

A griffe SPC

O Serviço de Proteção ao Crédito é o principal atração das Câmaras de Dirigentes Lojistas. O SPC Santa Catarina é uma iniciativa inédita no país, onde as CDLs se uniram para criar um banco de dados único, melhorando o serviço e reduzindo os custos para o lojista. Segundo Gessner, apesar da imagem de "promotor de lista negra", o SPC tem que ser visto pelo benefício que propicia não só ao varejo como ao consumidor. "Temos 12% de inadimplentes e, portanto, 88% de pessoas habilitadas a comprar, que podem chegar numa loja, em qualquer parte do Estado, e ter seu crediário facilitado, seu cheque aceito pelo fato de não ter restrições no SPC"

A disparada da inadimplência

Santa Catarina tem hoje cerca de 583 mil pessoas com o nome listado no Serviço de Proteção ao Crédito. O salto na inadimplência - que em maio incorporou 88,2 mil catarinenses - está sendo atribuído às compras natalinas. O comércio teria esticado o número de prestações e transferido o pico da inadimplência de março para maio. O varejo conta, agora, com a restituição do Imposto de Renda, 13% , abono do PIS (Programa de Integração Social), reposição das aposentadorias e pensões, que devem injetar nada menos do que R$ 1,75 bilhão na economia catarinense, para melhorar seu desempenho e ver reduzida a situação da inadimplência. "Ate porque, lembra, Gessner, o segundo semestre é historicamente mais favorável ao varejo". O primeiro semestre, segundo o presidente da FCDL, deve fechar com um recuo nas vendas do comércio em torno de 5% em relação ao ano passado.

Convenção Nacional em SC

O maior encontro do varejo brasileiro vai ser realizado, este ano, em Santa Catarina. A 44ª Convenção Nacional do Comércio Lojista (Joinville de 28/09 a 1/10) promete marcar definitivamente a posição do setor em relação às administrações públicas elegendo o tema "Nova Política do Varejo Brasileiro".

logo_rodape

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br