santa catarina

Incertezas na economia derrubam confiança do empresário industrial de SC

Foto: Cristiano Estrela/Secom

O índice de confiança do empresário da indústria de Santa Catarina, medido pela Federação das Indústrias de SC (Fiesc), caiu 7,1 pontos em setembro, de 65,6 pontos para 58,5 pontos. Segundo a entidade a motivação da queda é o cenário político e fiscal. Percentualmente, a queda é de 10,8%.

A situação, diz a Fiesc, é fruto da elevação do grau de incerteza sobre a condução da agenda econômica nos últimos meses de 2021. A desaceleração na atividade global também preocupa, aponta a Federação.

Apesar da queda, o índice se manteve acima da linha dos 50 pontos, o que indica um ambiente de confiança entre os empresários industriais. Houve queda também no índice nacional, que registra agora 58 pontos.

Conforme o economista do Observatório Fiesc, Thiago Rodrigues Lemos, no cenário internacional as preocupações giram em torno de expectativas quanto à redução de estímulos econômicos pelos bancos centrais mundiais e desaceleração da atividade econômica, sobretudo na China. Já no Brasil, a aceleração da inflação e o risco de uma crise hídrica, com efeitos sobre a oferta de energia, estão entre os principais pontos de atenção no médio prazo.

Expectativa
A expectativa do empresário industrial catarinense para os próximos seis meses também registrou queda significativa de 7,1 pontos na passagem entre o mês de agosto e setembro, atingindo 60,8 pontos no índice. No cenário nacional, o quadro de menor otimismo também se mostra presente, com o indicador recuando 5,1 pontos.

Condições atuais
Em relação ao Índice de Condições Atuais, Santa Catarina apresentou nova queda no indicador em setembro, a segunda consecutiva. Com recuo de 7,1 pontos, o indicador se mantém em 53,9 pontos. Na visão do empresário industrial catarinense, o cenário atual se mostra mais desafiador que os seis meses imediatamente anteriores, dado os elevados níveis de preços, desaceleração econômica global, gargalos logísticos e uma possível crise de abastecimento de água e energia. O Índice nacional também apresentou recuo na passagem mensal, de 5,3 pontos, agora em 52,2 pontos.



mais sobre:

Fiesc Economia



logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br