mercado

Com inflação em alta, cai a intenção de comprar em SC

Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Secom/SC

A intenção de consumo das famílias catarinenses teve nova queda em setembro, segundo dados da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de SC (Fecomércio/SC) divulgados nesta semana. Na passagem de agosto para setembro, a redução foi 3,7% (53,1 para 51,1 pontos). Já na comparação anual (setembro com setembro), a redução é de 26,7% (69,8 para 51,1 pontos). O índice varia de 0 a 200, onde resultados abaixo de 100 indicam pessimismo. 

Um dos motivos da queda é a inflação. "O resultado mostra cautela diante das dificuldades ocasionadas pela aceleração dos níveis de preços e do aumento das taxas de juros", diz a entidade.

Entre os critérios, está a queda nas perspectivas de consumo, passando de 67,5 para 51,9 pontos na comparação anual, redução de 23%.

"O movimento de retomada econômica e o avanço da imunização ainda são insuficientes para reverter os níveis de satisfação dos consumidores aos encontrados na pré-crise", afirma a Fecomércio/SC.






logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br