economia

Comércio de SC cresceu 4,8% no volume e 16,2% na receita em 2021

Foto: Murici Balbinot/RCN/Arquivo

Os dados da Pesquisa Mensal do Comércio, divulgados pelo IBGE nesta terça-feira (8), mostram que o faturamento do comércio de Santa Catarina cresceu três vezes acima do volume de vendas. O resultado é atribuído por especialistas à inflação e a mudanças no comportamento do consumidor. 

Enquanto o volume de vendas cresceu 4,8% entre janeiro e abril de 2021 na comparação com o mesmo período do ano passado, a receita teve um crescimento de 16,2% no mesmo intervalo. 

Os itens com maior discrepância são combustíveis e lubrificantes, com alta de 2,3% no volume e de 19,3% na receita, os supermercados e hipermercados, com queda de 0,9% no volume e alta de 12,5% na receita, e os eletrodomésticos, com alta de 11,5% no volume e de 26,4% na receita. 


Volume de vendas

A alta no volume de vendas em Santa Catarina (+4,8%) nos primeiros cinco meses foi puxada pelos setores de móveis (+25,6%), tecidos, vestuário e calçados (+25,3%), e outros artigos de uso pessoal e doméstico (+19,4%). 

Os segmentos apresentam recuperação em relação ao período inicial da pandemia em 2020, quando foram mais afetados. Setores que não tiveram paralisação naquela época, como supermercados e combustíveis, seguem no mesmo patamar de consumo. 


Varejo ampliado

O varejo ampliado, que considera mais itens do comércio, apresentou alta significativa. O setor de veículos, motocicletas, partes e peças cresceu 31,5% o volume de vendas e 48% a receita. 

Já os materiais de construção tiveram crescimento de 31,4% no volume e de 52% na receita. 


 



mais sobre:

Economia IBGE



logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br