Logo Jornal

Sexta-Feira, 21 de Junho de 2024




ECONOMIA

CRCSC alerta para término, no dia 31 de maio, do prazo para declarar Imposto de Renda

Visite nossa rede social @rcnonline_sc

CRCSC alerta para término, no dia 31 de maio, do prazo para declarar Imposto de Renda

O prazo final da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física entra na reta final e uma boa parte dos contribuintes catarinenses ainda não entregou a declaração.
O limite para envio da declaração de Imposto de Renda 2024 é o dia 31 de maio, (exceto no estado do Rio Grande do Sul), e será cobrada multa de quem estiver obrigado a entregar a declaração e não o fizer até o fim do prazo.
O valor da multa é de 1% ao mês, sobre o valor do Imposto de Renda devido, limitado a 20% do valor do Imposto de Renda. O valor mínimo da multa é de R$ 165,74.
Para muitos, a declaração pode ser um processo complexo, que exige tempo e conhecimento específico. Por isso, ter o auxílio de um profissional da contabilidade é importante para evitar risco de erros e cobranças indevidas.
Os profissionais de contabilidade podem auxiliar na organização dos documentos, esclarecer dúvidas sobre a legislação e as normas da Receita Federal; preencher a declaração de forma correta e segura, evitando erros que levem a multas; indicar deduções e benefícios fiscais a que o contribuinte tem direito; acompanhar o processo de entrega da declaração.
“Ter o apoio de um profissional da contabilidade é economizar tempo e dinheiro, pois ao contratá-lo, o contribuinte tem maior tranquilidade e segurança ao ter o processo realizado por alguém com expertise. Além disso, os profissionais de contabilidade estão sempre atualizados sobre as mudanças na legislação do IRPF, o que garante que a declaração esteja em conformidade com as normas vigentes”, ressalta a presidente do Conselho Regional de Contabilidade (CRCSC), Marisa Luciana Schvabe de Morais.
Arrecadação de recursos para os Fundos Sociais
Encerrando o prazo da Declaração do Imposto de Renda também encerra o prazo para destinar os recursos para os Fundos Sociais. Por este motivo é importante sensibilizar os contribuintes sobre a importância do engajamento para mobilizar os recursos e transformar vidas gerando impactos positivos reais para o estado.
“A destinação de parte do Imposto de Renda para fundos sociais é uma forma de redistribuição de renda e promoção de justiça social. Por meio dessa iniciativa, os cidadãos podem contribuir diretamente para o financiamento de projetos sociais que impactam positivamente a vida de milhões de pessoas em situação de vulnerabilidade”, destaca a presidente do CRCSC, Marisa Luciana Schvabe de Morais.
Até esta segunda-feira (27.05) já foram entregues 1.728.088 declarações em Santa Catarina o que representa 81,7% do total esperado, ou seja, muitas podem ser convertidas em doações. “Ainda está em tempo de incentivarmos as doações para este ano, pois nosso grande objetivo é deixar os recursos em Santa Catarina direcionando para os diferentes fundos sociais. Por isso estamos aqui para sensibilizar vocês, empresários, uma vez que, juntos podemos ser um grande exército do bem”, reforçou a presidente.

logo_rodape

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br