Logo Jornal

Sábado, 13 de Abril de 2024




AUTISMO EM PAUTA

Movimento que Gera Energia

Visite nossa rede social @rcnonline_sc

Por Adair Alexandre Pimentel

Movimento que Gera Energia
Foto: EEB CORA BATALHA DA SILVEIRA
- Em Lages, o projeto Movimento que Gera Energia ajuda crianças na regulação motora e em atividades cognitivas

Na coluna desta semana entrevistamos a professora Danielly Pereira de Jesus Laurentino. Ela é formada em Educação Física, Licenciatura em Educação Especial e Especializada em Educação física adaptada, na perspectiva inclusiva e gestão escolar. 

A Professora Danielly atua como diretora da EEB Cora Batalha da Silveira, em Lages/Santa Catarina, e, juntamente com uma equipe de alunos, pais e demais servidores, criou o projeto MOVIMENTO QUE GERA ENERGIA, o qual consiste numa mesa com pedal para regulação motora e estímulo cognitivo de alunos com TEA e TDAH, pois muitos precisam movimentar-se, com frequência, para sua auto regulação; segundo nossa entrevistada, após a utilização do protótipo percebe-se que os alunos tiveram uma diminuição de sua agitação motora e aumento na sua concentração, o que gera avanços nos aspectos cognitivos dos educandos. Ao pedalar, a energia cinética passa pelo dínamo, que a transforma em energia elétrica; a energia gerada nesse processo tem como destino carregar um tablet, que será utilizado como recurso na aprendizagem do aluno com TEA e/ou TDAH, por meio de jogos e aplicativos que visam estimular o raciocínio e a comunicação alternativa.

O projeto abordou, também, a sustentabilidade através do reaproveitamento dos materiais existentes na escola e na comunidade escolar; além disso, a energia utilizada é sustentável, pois não foi utilizada a rede elétrica para carregamento do tablet.

Importante destacar que, no Canadá, as carteiras com pedal fazem parte do cotidiano dos alunos autistas e com TEA; segundo a Professora Danielly, foi baseado neste trabalho que seu filho Ulisses, com 7 anos, com TEA e TDAH, foi alfabetizado, relatando que: “enquanto minhas pernas se distraem, minha cabeça fica concentrada”.

Mais uma ação de educação inclusiva que merece o apoio do governo e da sociedade em geral. Isto é inclusão na prática; que mais escolas de Santa Catarina possam contar com as carteiras com pedal.

Interessados podem fazer contato pelo instagram, através dos endereços: @danyulisse4 e @coraecim.

Até a próxima!

logo_rodape

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br