Logo Jornal

Sexta-Feira, 21 de Junho de 2024




ARTIGO

Sicoob Central SC/RS comemora 38 anos

Visite nossa rede social @rcnonline_sc

Sicoob Central SC/RS comemora 38 anos
Foto: Caio Cezar
- Rui Schneider da Silva, presidente do Sicoob Central SC/RS

O Sicoob Central SC/RS comemora neste 8 de novembro 38 anos de fundação, com 1,4 milhão de cooperados, 659 agências nos três estados do Sul e ativos de R$ 46,6 bilhões. “É uma história de sucesso, marcada pela dedicação de muitas pessoas, que com respeito, trabalho, dignidade e transparência, construíram um modelo de negócios que promove justiça financeira e prosperidade em todos os municípios onde atua”, afirma o presidente do Sicoob Central SC/RS, Rui Schneider da Silva.

O Sicoob Central SC/RS nasceu no dia 8 de novembro de 1985, quando 27 delegados representantes de sete cooperativas singulares de crédito e duas de produção rural, reuniram-se em Itapema (SC) para fundar a Cooperativa Central de Crédito Rural de Santa Catarina (Cocecrer/SC). O objetivo, à época, era “organizar em comum e em maior escala os serviços econômicos e assistenciais de interesse das filiadas, integrando e orientando suas atividades”.

Depois de passar por uma reestruturação interna, em 31 de outubro de 1997 a Cocecrer/SC passou a integrar o Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) e mudou o nome para Cooperativa Central de Crédito de Santa Catarina (Sicoob Central SC). Em 2009 com a permissão do Banco Central do Brasil para atuar também no Rio Grande do Sul, se transformou em Sicoob Central SC/RS, que possui atualmente 38 cooperativas filiadas e atende em municípios dos três estados do Sul.

Em todo o Brasil, o Sicoob possui 7,6 milhões de cooperados e está presente em todos os estados brasileiros e no Distrito Federal. Oferece serviços de conta corrente, crédito, investimento, cartões, previdência, consórcio, seguros, cobrança bancária, adquirência de meios eletrônicos de pagamento, dentre outras soluções financeiras.

É formado por 338 cooperativas singulares, 14 cooperativas centrais e pelo Centro Cooperativo Sicoob (CCS), que é composto por uma confederação e um banco cooperativo, além de uma processadora e bandeira de cartões, administradora de consórcios, entidade de previdência complementar, seguradora e um instituto voltado para o investimento social.

Ocupa a primeira colocação entre as instituições financeiras com maior número de agências no Brasil, com mais de 4,5 mil pontos de atendimento, e, em mais de 390 municípios, é a única instituição financeira presente.

“No Brasil somos mais de 40 mil funcionários e no Sicoob SC/RS, mais de 8 mil, capacitados permanentemente para melhor atender os cooperados que são, ao mesmo tempo, clientes e donos do negócio”, explica o presidente Rui Schneider da Silva. Em Santa Catarina, o Sicoob é o segundo maior financiador da produção agrícola e está presente em 97% dos municípios. No Rio Grande do Sul, para onde expandiu fortemente a sua área de atuação, já está presente em mais de 130 municípios.

“O cooperativismo de crédito não visa lucro e, por isso, pode oferecer o melhor custo-benefício para os cooperados, que pagam menos e obtêm maiores vantagens, quando comparados à média do mercado”, informa Rui Schneider da Silva.

Em 2022, o Sicoob distribuiu aos cooperados R$ 5,5 bilhões em resultados alcançados (que corresponde ao lucro em outras instituições financeiras). Mas há outra vantagem importante, além de um atendimento mais próximo e qualificado. No ano passado, os cooperados do Sicoob economizaram R$ 20,9 bilhões em taxas, tarifas e outros encargos, quando comparados com os bancos tradicionais. O valor foi calculado pelo Sicoob com base nos preços médios praticados pelas instituições financeiras.

“Estamos crescendo cerca de 15% a 20% ao ano e cada vez mais catarinenses, gaúchos, paranaenses e brasileiros conhecem o cooperativismo financeiro e percebem as vantagens de trabalhar com um modelo de negócios que até a própria ONU reconhece como importante para uma melhor distribuição de renda e que contribui para o alcance das metas dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, definidos pela Organização das Nações Unidas”, concluiu Rui Schneider da Silva.

logo_rodape

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br