Logística 4.0 no mercado de transporte

Como a Indústria do transporte está se adaptando ao novo momento tecnológico

Foto: Divulgação

A nível mundial, é inegável que a logística 4.0 já é uma realidade. Hoje, assim como em outras partes do mundo, empresas brasileiras de transporte já operam com base em rotinas automatizadas para garantir total eficiência nos processos. Através desta inovação, são movimentadas as mercadorias e os dados da Indústria 4.0, que está transformando a sociedade, combinando fenômenos como a internet das coisas, impressão em 3D, Big Data e a radiofrequência, além de outras ferramentas modernas que moldam uma nova forma de fazer logística.

A combinação entre a velocidade dos processos e a cadeia de abastecimento está cada vez mais ativa nas empresas, e deve se tornar muito mais ágil, além de ter um ciclo mais curto. De acordo com Daniel Nobre, Gerente de Produtos Digitais da Apisul, para dominar o mercado e sair na frente da concorrência é necessário investir na adoção de tecnologia e sistemas automatizados, apostando no desenvolvimento de profissionais com visão analítica. "A nossa equipe atua no constante desenvolvimento de sistemas e funcionalidades que vão ao encontro da Logística 4.0, auxiliando os clientes a entender e reduzir a perda de ativos, garantindo os controles necessários para uma operação mais eficiente. A criação do moderno sistema de logística ApisulLog 2.0, é um grande aliado para as empresas que desejam estar 100% no controle de sua operação e garantir maior competitividade no mercado", afirma Daniel.   

O ApisulLog entrega uma visão online das viagens de transporte, com controles de produtividade, qualidade e eficiência. Tudo isso através de direcionamento e priorização inteligente de ocorrências, contribuindo também para a diminuição do consumo de combustível - maior questão do setor logístico - e gerando ainda mais agilidade no embarque e desembarque do produto.

Ao longo de sua história, o Grupo Apisul vem contribuindo para melhorar a eficiência logística de grandes operações. Com mais de 10 anos de experiência no desenvolvimento e gerenciamento de projetos logísticos, a empresa possui equipe qualificada e com grande know-how para implementar e atuar em qualquer segmento de mercado. 

Projeto Torre de Controle Logístico no Grupo Cesari

Cliente do Grupo Apisul, o Grupo Cesari é composto de seis empresas, que atuam nos segmentos de transporte rodoviário, ferroviário, marítimo, fluvial e manuseio de produtos químicos, terminais de armazenamento de granéis sólidos, líquidos e armazéns gerais, além de beneficiamento de fertilizantes, limpeza e manutenção de contêineres e isotanques. Com mais de 60 anos de experiência e 18 filiais no Brasil, está entre as maiores empresas de movimentação e logística do país. Atualmente a Ceslog, empresa do grupo, possui 310 veículos monitorados, em tempo real, fazendo das suas soluções logísticas, protagonistas no que tange a inovação, eficiência e qualidade. O projeto Torre de Controle Logístico, implementado pela equipe de gestão logística da Apisul junto a Central de Gerenciamento Operacional (CGO) da Cesari Logística, é baseado em uma metodologia de gestão e inteligência logística que visa o aumento da eficiência da cadeia produtiva com foco em planejamento, processos, execução, métricas e correção de desvios em tempo real, para garantir o cumprimento dos compromissos e da programação acordada pela Ceslog junto aos seus clientes, no tempo e qualidade requerida.

A Torre de Controle, que faz parte dos principais processos da CGO, possui foco na visibilidade das cargas em trânsito, com gestão no detalhe e no oferecimento de informações de todas as etapas da cadeia logística, para que a tomada de decisão seja rápida e assertiva. Suas ferramentas (cascateamento de metas, automação, rastreabilidade, monitoramento, programação, padronização operacional, adoção de métricas), oferecem a Ceslog maior prevenção e controle de todas as etapas das operações de transporte.

Além da excelência na execução, os investimentos realizados no projeto CGO, trouxeram ganhos para Ceslog em diversos processos. De acordo com o gerente operacional da Cesari, Gideoni Domingues Góes, a empresa alcançou uma economia de 2,5 milhões/ano e um aumento na aderência da entrega e da coleta, respectivamente 34% e 25%. Para Marco Badim, gerente de projetos em logística do Grupo Apisul: "A implementação do projeto Torre de Controle Logístico promoveu a adequação da estratégia da Ceslog, com o desenvolvimento do Plano de Gerenciamento Logístico e treinamento das rotinas de monitoramento. Com a utilização do software ApisulLog 2.0, também foi possível padronizar e melhorar os processos, tratar os desvios, aumentando diretamente a eficiência da operação."

Por conta do projeto Torre de Controle Logístico, a Cesari Logística foi a vencedora na categoria Gestão Econômica Sustentável do 4º Prêmio de Sustentabilidade SETCESP & Transporte Moderno, que foi realizado no final do ano de 2018, em São Paulo, contribuindo com a missão da empresa de torná-la reconhecidamente mais segura no transporte de produtos químicos, além de agregar valor por meio da gestão de alta performance e aumento do nível de serviço. 


logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 901 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br