FIESC apresenta o potencial de SC no Fórum Brasil-França

04 Junho 2019 17:46:00

Encontro em Paris vai reunir lideranças empresariais e governamentais dos dois países, nesta quarta-feira

Foto: Divulgação FIESC

O presidente da Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), Mario Cezar de Aguiar, vai apresentar o potencial de Santa Catarina para receber investimentos durante o 6º Fórum Econômico Brasil-França, que será realizado nesta quarta-feira, dia 5 de junho, em Paris. Ele vai participar do painel "Oportunidades de parceria nos estados brasileiros: com foco numa abordagem territorial" ao lado dos presidentes das federações de indústria de Goiás, Sandro Mabel, e do Mato Grosso, Gustavo de Oliveira. Entre os integrantes da delegação brasileira estão o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, o ministro da Secretaria de Governo, general Carlos Alberto dos Santos Cruz, além de representantes da Engie, Banco do Brasil e Aria do Brasil.

Aguiar explica que o Fórum reúne as entidades que representam as indústrias dos dois países. "Santa Catarina foi um dos três estados brasileiros escolhidos para apresentar suas potencialidades, demandas e estreitar os laços com os franceses. Temos semelhanças no parque industrial e podemos incrementar as relações bilaterais, com transferência de tecnologia e corrente de comércio", afirma, ressaltando que a FIESC vai mostrar que Santa Catarina é um estado diferenciado. "Temos uma indústria forte, que sofre menos com as crises, e tem potencial significativo de investimentos. A partir do encontro e da apresentação das oportunidades aos industriais franceses, eles poderão, a exemplo de outras empresas já instaladas aqui, perceber que o estado é atrativo. Nesse sentido, temos muitas possibilidades, seja na área industrial, infraestrutura ou turismo", completou.

O Fórum tem o objetivo de fortalecer o intercâmbio comercial e os investimentos e conta com o apoio da CNI e da Medef Internacional, rede mundial à serviço do desenvolvimento das empresas francesas nos países emergentes e mercados em desenvolvimento. Cerca de 7 mil empresas do país europeu participam das ações promovidas pela Medef.

Comércio: A França é o 22º destino das exportações catarinenses. No ano passado, o estado embarcou US$ 97 milhões ao país europeu. O valor é 34% superior ao registrado no mesmo período em 2017. Entre os principais produtos destacam-se tabaco, soja, móveis, partes e acessórios para veículos e motores elétricos. As importações catarinenses da França somaram US$ 134 milhões no período, com destaque para máquinas para trabalhar plástico, revestimento de ferro laminado, vinho e medicamentos.

Durante a viagem de Aguiar ao exterior, o 1º vice-presidente Gilberto Seleme assume a presidência da FIESC.

logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 901 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br