SAÚDE

'Quem assumir a pasta tem que estar pronto para trabalhar', diz Neodi Saretta

Para o deputado, novo secretário(a) precisa ter experiência na área e ser mais transparente nas ações de combate à pandemia

Foto: Rodolfo Espínola/Agência AL
"O novo secretário precisa dar mais transparência para as ações do Governo", afirmou Saretta

Na última quinta-feira (30), o então secretário de Estado da Saúde, Helton de Souza Zeferino, pediu exoneração do cargo após a denúncia de irregularidade na compra de 200 respiradores. Para o presidente da Comissão de Saúde da Alesc, deputado Neodi Saretta (PT), a saída do secretário foi importante para não desviar o foco de trabalho da pasta. 

"É importante fazer as investigações e ter transparência nesse processo, mas existem órgãos competentes para isso e não podemos desviar o nosso foco. Caso ele [Helton] permanecesse no cargo, em toda entrevista do governo esse seria o principal ponto dos questionamentos. No momento a preocupação tem que ser com que está na ponta, onde as pessoas estão sendo mais afetadas", afirmou Saretta.

Segundo ele, um dos principais problemas da gestão de Zeferino era a falta de transparência nas ações do governo. De acordo com ele, o Executivo anunciava leitos que ainda não estavam sendo operacionalizados.

"Quando o novo secretário ou secretária chegar, queremos mais transparência nas ações. Precisamos de uma lista detalhada de onde e como estão os leitos de UTI para o combate à Covid-19. Só assim saberemos a real situação do Estado. Além disso estamos recebendo reclamações da ponta sobre falta de testes e de EPIs para profissionais de saúde, o que também nos preocupa", 

Uma outra preocupação do deputado é que o novo nome da pasta possa retomar o trabalho de onde ex-secretário parou. Para ele, o Estado não pode perder tempo com alguém que fique muito tempo em um 'período de transição'. 

"O perfil do novo secretário ou secretária que esperamos é de alguém que conheça a área de saúde e principalmente saúde pública, que tenha trânsito político, e na área. Esperamos alguém que possa chegar e trabalhar", destacou. 


Leia mais:

>>>
Alesc instaura CPI para investigar irregularidades na compra de respiradores

>>> Governo admite erros e justifica pagamento antecipado de respiradores





logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br