inovação e tecnologia

Presidente da Acate defende mais cooperação entre empresas e entidades

28 Maio 2019 16:14:00

Para Daniel Leipnitz, Brasil precisa de um objetivo em comum para melhorar o ambiente de negócios

Foto: Murici Balbinot
Debate aconteceu nesta terça-feira (28), na sede da Fiesc em Florianópolis

Nesta terça-feira (28), o Grupo de Líderes Empresarias de Santa Catarina (Lide-SC), promoveu um encontro entre associados e convidados e o presidente da Associação Catarinense de Tecnologia (Acate), Daniel dos Santos Leipnitz. Ele palestrou sob o tema 'Inovação com impacto: grandes empresas e startups criando juntas'. O encontro aconteceu na sede da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc), em Florianópolis. 

Leipnitz defende um objetivo comum para entidades e empresas. Inspirado no modelo da Coreia do Sul, ele diz que é necessário haver diálogo entre os diversos agentes para que haja um caminho único para o país. No Brasil, vai cada um para um lado, cada um com seu interesse, disse. 

Para contornar o problema, a Acate tem atuado de forma ampla. Segundo ele, a Associação está buscando parcerias com toda a sociedade no quesito inovação. Em um Estado com número expressivo de startups e investidores, a cooperação aumenta a eficiência, acredita. 

Existe a ideia de que uma informação não deve ser compartilhada porque pode beneficiar a concorrência, diz Leipnitz, mas "se a maré sobe, ela sobe para todo mundo", afirma. O setor de tecnologia fatura R$ 15 bilhões por ano no Estado, aproximadamente 5,6% do PIB, e é responsável por cerca de 47 mil postos de trabalho. 


mais sobre:

Geral Fiesc Acate



logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 901 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br