Impeachment

'Pedido de impeachment quer apenas desgastar a gestão estadual', diz Moisés

Foto: Maurício Vieira/Secom

Nesta quinta-feira (3), o governador Carlos Moisés da Silva se pronunciou sobre o novo pedido de impeachment admitido pela Assembleia Legislativa de SC (Alesc). Em nota, Moisés lamentou a abertura do processo contra ele e a vice-governadora, Daniela Reinehr.

Segundo o governador, o novo pedido "tem somente o objetivo de desgastar a  gestão estadual perante a sociedade" e "em nada contribui para o desenvolvimento e o bem-estar do povo catarinense".

O novo processo está relacionado com o caso dos respiradores da Veigamed e com a ordem de despesas não autorizadas ou em desacordo com a lei no caso do hospital de campanha de Itajaí. O pedido admitiu quatro crimes de responsabilidades atribuídos ao governador e dois para Daniela

Moisés e a vice ainda respondem por outro processo relacionado ao aumento da remuneração dos procuradores da Alesc.


Confira a nota de Moisés na íntegra:

"O governador do Estado de Santa Catarina lamenta profundamente que a presidência da Assembleia Legislativa tenha aberto novo processo de impeachment contra ele e a vice-governadora. Trata-se novamente de uma ação que tem somente o objetivo de desgastar a gestão estadual perante a sociedade e em nada contribui para o desenvolvimento e o bem-estar do povo catarinense."




logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br