política

Operação da Polícia Federal prendeu prefeito de Florianópolis nesta terça-feira

'As informações preliminares dão conta de que não há nenhum ato de desvios de recursos públicos', disse a Prefeitura, em nota

A Polícia Federal em Santa Catarina deflagrou na manhã desta terça-feira (18), na Capital, a Operação Chabu. A ação tem como objetivo desconstruir uma organização que, segundo a investigação, atuava para violar o sigilo de operações policiais. Um dos presos é o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro (sem partido). 

Segundo a Polícia,são sete mandados de prisão temporária, entre eles o de Gean, e 23 mandados de busca e apreensão. Os pedidos foram realizados pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre. 

"As informações preliminares dão conta de que não há nenhum ato de desvios de recursos públicos", disse a Prefeitura, em nota. Segundo o documento, Gean prestará depoimento à Polícia Federal e concordou em prestar todas as informações necessárias. 


mais sobre:

Política




logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br