poder

Governo pede retirada da reforma da Previdência da Alesc

Decisão foi tomada pelo Executivo na tarde desta terça-feira (28), após aprovação de substitutivo na Alesc

Foto: Murici Balbinot/Arquivo

O governo do Estado pediu a retirada nesta terça-feira (28) da reforma da Previdência dos servidores estaduais da Assembleia Legislativa de SC (Alesc). O anúncio acontece após aprovação de um substitutivo global pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa que desagradou o Executivo. 

Segundo o presidente do Instituto de Previdência de SC (Iprev), Kliwer Schmitt, a decisão ocorre porque o governo não concorda com a proposta que avançou na Alesc. 

"Um texto que, na verdade, retirou R$ 16 bilhões na economia total projetada na proposta encaminhada pelo governo no final de 2019. Não há razão de tramitar uma reforma que não traga os resultados que Santa Catarina precisa para minimizar os efeitos do déficit previdenciário", acrescentou. 

O objetivo do Executivo é frear o avanço da proposta na Assembleia e apresentar um novo texto, mais rigoroso nas regras para aposentadorias e pensões, que será discutido em breve. 




logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br