agro

Governo lança programa para apoiar produção de orgânicos

Batizado de AgroConsciente, iniciativa visa dar suporte técnico e sustentabilidade no campo

Foto: Murici Balbinot

O governo do Estado lançou nesta quarta-feira (20) um pacote de ações que, entre outras medidas, fomenta a produção de produtos orgânicos em Santa Catarina. O programa, batizado de AgroConsciente, foi um pedido do próprio governador Carlos Moisés da Silva para dar condições estruturais, logísticas e técnicas para produtores rurais que queiram apostar em culturas sem uso de agrotóxicos.

O AgroConsciente não tem verba definida ou prazo de instalação; será uma reorganização da Epagri e de outras estruturas públicas para dar mais atenção à agricultura orgânica e consciente. "É uma forma do governo se manifestar no sentido de investir em tecnologia e pesquisa para que o nosso produtor tenha condição de se proteger, de proteger a terra e o ar, e trazer alimentos seguros ao consumidor", disse Moisés.

Ele citou como exemplo o baixo índice de agricultores treinados para o uso de agrotóxicos, problema que será combatido pelo projeto. 

Durante o evento, Moisés encenou uma entrevista com um técnico da Epagri sobre a produção de produtos orgânicos. Empolgado, confirmou a tese de que é possível migrar para um cultivo com menos agrotóxicos e citou exemplos de cebola, pimentão e tomates desenvolvidos pela Epagri para resistir a pragas com menos ou sem defensivos.

"Esse projeto vai trazer uma consciência da produção limpa, da produção agroecologicamente equilibrada e isso não significa banir o uso de defensivos agrícolas. A gente pode fomentar uma cultura de transição para que a gente possa sair de uma cultura tecnicista para uma cultura mais simples e mais sustentável, que agregue valor à nossa produção", afirmou Moisés. 

"O objetivo é começarmos a olhar para a produção de uma forma diferente. A equipe desenvolveu esse programa que é uma grande diretriz para a agricultura de Santa Catarina", afirmou o secretário da Agricultura, Ricardo de Gouvêa.

O lançamento fez parte das comemorações dos 28 anos da Epagri. Durante a apresentação, Moisés cortou bolo e plantou uma muda de garapuvu na sede da empresa, em Florianópolis.


Moisés entrevistou técnico da Epagri para certificar produção consciente. Foto: Murici Balbinot


Histórico

O governo do Estado, por iniciativa do próprio governador, propôs o fim de benefícios fiscais para os agrotóxicos em 2019. Após atrito na Assembleia Legislativa e com produtores, o governo editou uma Medida Provisória para postergar os efeitos dos benefícios

Moisés disse que deseja que o tema não saia da pauta. O lançamento do AgroConsciente faz parte desse movimento e contempla uma atuação do poder público para dar suporte à produção orgânica ou com menos agrotóxicos.

A Medida Provisória está parada na Assembleia. A Comissão de Constituição e Justiça da Casa votou pela retirada do artigo que estabelecia uma tabela progressiva de imposto de acordo com a toxicidade do produto. Segundo o relator, deputado Romildo Titon (MDB), o assunto pode ser tratado por Projeto de Lei, já que não há urgência. Atualmente, a MP está na Comissão de Finanças e Tributação. 



Imagens





logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br