poder

Alesc deve definir nesta semana os nomes da comissão do impeachment

Veja a composição por bloco partidário das nove cadeiras

Foto: Bruno Collaço/Agência AL

A Assembleia Legislativa de SC (Alesc) deve definir nesta semana os nomes dos nove deputados que farão parte da comissão especial que analisará o processo contra o governador Carlos Moisés da Silva, a vice-governadora Daniela Reinehr, e o secretário de Administração Jorge Eduardo Tasca. Os parlamentares serão escolhidos em reunião de líderes e ratificados pelo plenário da Casa. 

Até esta segunda-feira (3), a maioria dos partidos ainda não havia definido os seus representantes. Apenas o PSL confirmou um deputado: Jessé Lopes, que se envolveu em maio em uma polêmica junto a Moisés em um suposto caso de gravidez de uma servidora. O fato resultou em um processo de Moisés contra Jessé na área cível e na área criminal

O PL indicou que o nome pode ser do líder do partido, Ivan Naatz, que também lidera a oposição a Moisés. Naatz é autor de um outro pedido de impeachment do governador e também tem a relatoria da CPI dos respiradores. As outras bancadas informaram que ainda estudam a escolha de representantes.


As cadeiras

MDB - 2 vagas

Bloco PP-PSB-Republicanos - 2 vagas

Bloco PSD-PSDB-PDT-PSC - 2 vagas

PT - 1 vaga

PL - 1 vaga

PSL - 1 vaga



>>>Tasca afirma que processo de impeachment 'não possui legalidade'


>>>Alesc faz leitura da admissibilidade do processo de impeachment



logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br