Poder SC

Poder SC 016 - Volta ou não volta?

Foto: Murici Balbinot

Volta ou não volta?

Está marcado para esta sexta-feira (27) o julgamento final do governador Carlos Moisés da Silva sobre a denúncia que aponta crime de responsabilidade na concessão de reajuste salarial dos procuradores do Estado. Ou Moisés será cassado, ou retornará ao cargo: independentemente de qual desfecho tenha a votação, o resultado será inédito para Santa Catarina. Para a cassação, são necessários sete entre os 10 votos. Se repetir a votação do primeiro julgamento, em 23 de outubro, Moisés retorna e, hoje, a tendência é essa. Mas qual Moisés estará de volta para os últimos dois anos de mandato? Quem estará com ele? O clima político melhorou em relação ao bombeiro, os deputados estão menos hostis, e há uma certa refutação ao governo Daniela Reinehr, que sequer apresentou uma liderança na Assembleia, e desmontou boa parte do secretariado do antigo governador. Este último ato, pode ser que até ajude.


EM GUERRA

Daniela anulou o ato de equiparação salarial dos procuradores às vésperas do julgamento de mérito pelo Tribunal de Justiça de SC (TJSC). Na prática, a ação da governadora interina não lhe rende nenhum benefício, nem jurídico, nem político. Apenas mostra para sua base que é diferente de Moisés. Seu governo, caso o governador afastado volte, será marcado por uma anulação brusca e pouco amigável, já que cria guerra com servidores do alto escalão do Executivo. Isso em menos de um mês. Além disso, deixará o Estado com a pandemia a toda força.


- PRESIDENTE Jair Bolsonaro disse na última segunda-feira (23) que se o partido Aliança pelo Brasil não sair até março, buscará outras opções. É uma pista aos partidos que tiverem interesse em abraçá-lo, como se o presidente estivesse se rifando, isso porque é improvável que o novo partido saia do papel. O destino pode ser alguma legenda do Centrão.


- JÁ começou na Assembleia Legislativa (Alesc) a corrida pela presidência da Casa para 2021-2022. Favorito ao posto, o MDB ainda precisa definir se e quem levará na cabeça da nominata. O natural seria Mauro de Nadal, ex-prefeito de Cunha Porã, e que atualmente ocupa a vice-presidência.


- MAS ninguém negará que o partido - que tem a maior bancada no Parlamento - tem lá seus entraves internos, não apenas na bancada, mas também no partido. As primeiras conversas ocorrem, mas uma definição só sairá após os julgamentos de Moisés e as definições de segundo turno nas eleições.



A Poder SC é uma coluna impressa semanal da Agência Adjori/SC de Jornalismo. Atualmente, a veiculação acontece em mais de 20 jornais associados em todas as microrregiões de Santa Catarina. A coluna traz conteúdos relevantes da política estadual e dos poderes constituídos.



logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br