PELO ESTADO
Notícias e reportagens publicadas em jornais de todo o Estado
Pelo Estado

Prazo estendido para entrega de Planos de Mobilidade Urbana

Prazo estendido para entrega de Planos de Mobilidade Urbana


Divulgação

Medida provisória publicada no Diário Oficial da União estende até o dia 12 de abril de 2021 o prazo para os municípios elaborarem seus Planos de Mobilidade Urbana (PMU). A data limite anterior foi em 12 de abril desse ano. Com isso, as prefeituras que ainda não conseguiram encaminhar o plano, voltam a poder receber recursos do Orçamento Geral da União destinados ao setor até o fim do novo prazo, além de poderem continuar acessando financiamentos por meio do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Outra mudança é que, agora, além das cidades com mais de 20 mil habitantes, as localidades que fazem parte de regiões metropolitanas, aglomerações urbanas e Regiões Integradas de Desenvolvimento Econômicos (Rides) que, ao todo, tenham mais de um milhão de habitantes, também deverão produzir o documento. Ou seja, a regra vale mesmo para as cidades dessas áreas conurbadas que tenham população inferior a 20 mil habitantes. Os planos devem abranger mobilidade como um todo, incluindo transporte de passageiros e cargas, vias de circulação, calçadas, ciclovias e uso do solo. Conforme levantamento feito pela Secretaria Nacional de Mobilidade e Serviços Urbanos (Semob), até setembro de 2019, só 834 municípios do país declararam ter o PMU elaborado ou em processo de elaboração; 313 afirmam já ter produzido o documento, sendo que 43% deles possuem mais de 250 mil habitantes e 79% estão localizados nas regiões Sul e Sudeste. Atenção, prefeitos! Em breve, a Semob disponibilizará a lista com todas as cidades do país que deverão elaborar o PMU.



Cidadão Catarinense


Reprodução/Youtube

Os deputados estaduais aprovaram o projeto de lei de iniciativa do deputado José Milton Scheffer (PP), subscrito por vários parlamentares, que concede o título de Cidadão Catarinense ao engenheiro agrônomo José Oscar Kurtz. Nascido em Porto Alegre, Kurtz foi um dos pioneiros no desenvolvimento da pesquisa agropecuária e da extensão rural em Santa Catarina, sendo o primeiro presidente da Empasc, uma das percursoras da Epagri. Além de atuar em diversos órgãos como Incra, Cidasc, Fatma e no Ministério Público de Santa Catarina, até se aposentar, em 2001. "Esse título é um reconhecimento a alguém que se dedicou tanto para que Santa Catarina fosse referência nessas áreas", disse Scheffer. O projeto segue agora para análise e sanção do governador Carlos Moisés. 




Pelo Fundeb O deputado federal Pedro Uczai (PT-SC) tem aproveitado os finais de semana para percorrer o estado. Com base forte na Educação, está realizando 15 seminários em todas as regiões para defender o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), responsável pela maior parte dos recursos hoje destinados ao setor. Ele quer a aprovação da Proposta de Emenda Constitucional (PEC 15/2015), que torna o Fundeb uma política de Estado. para a educação. Uczai também faz parte da Frente Parlamentar de Defesa da Soberania Nacional, que combate a entrega das riquezas, patrimônio e empresas públicas, como a Petrobras e Eletrobras.



Já doou esperança hoje? Na próxima segunda-feira (25) comemora-se o Dia Nacional do Doador de Sangue, uma homenagem aos que separam um tempo durante sua rotina para serem doadoras voluntárias, ajudando a salvar vidas. O Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina (Hemosc) preparou uma semana especial com o tema "Quando você doa sangue, a esperança cresce". A data será comemorada durante a próxima semana pelos sete Hemocentros da rede Hemosc, localizados em Florianópolis, Lages, Joinville, Criciúma e Joaçaba, e nas duas unidades de coleta, situadas em Tubarão e Jaraguá do Sul. Leia matéria ampliada em scportais.com.br



Tecnologia e sustentabilidade Nesta sexta-feira (22), em Florianópolis, acontece o primeiro Green Summit 2019, evento que vai reunir renomados atores do ecossistema nacional e internacional para uma discussão integrada sobre o fortalecimento de ações para o desenvolvimento sustentável, aliado à inovação. Na pauta: Sustentabilidade, Inovação e Políticas Públicas. Saiba mais através do link



Pelos mais pobres O Grupo EDP, multinacional do setor de energia, lança pelo segundo ano consecutivo o Fundo A2E (Access to Energy), que apoia projetos de acesso à energia renovável em países em desenvolvimento, caso do Brasil. A empresa destinará cerca de meio milhão de euros para iniciativas de entidades de todo o mundo que promovam o desenvolvimento ambiental, social e econômico no Quênia, Malauí, Moçambique, Tanzânia e Nigéria.



As inscrições podem ser feitas até terça-feira (26) e os projetos selecionados serão divulgados no início de 2020, para execução ao longo do ano e com apoio financeiro entre 25 mil e 100 mil euros cada. Regulamento e o formulário de candidatura estão no link






logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br