estado

SC recebeu apenas sete médicos via governo federal

Hoje, Estado tem um déficit de 151 profissionais. Critério do Ministério da Saúde deve impedir novas contratações

Foto: Karina Zambrana/Divulgação

O governo federal anunciou nesta semana a inclusão de 1.975 profissionais via Programa Mais Médicos para o atendimento básico de saúde em todo o país. Apesar do reforço no quadro, Santa Catarina só recebeu sete médicos, o que representa 0,35% do total. A explicação do Ministério da Saúde é de que o critério aplicado ao Programa prioriza municípios com altos índices de vulnerabilidade social, o que beneficiou outras regiões do país.

No Estado, foram contempladas as cidades de Água Doce, Campo Erê, Major Vieira, Presidente Nereu, Santa Terezinha, Santa Terezinha do Progresso e Vitor Meireles, com um médico cada. 

Atualmente, são 568 vagas ativas em Santa  Catarina, com 417 profissionais atuando, ou seja, déficit de 151 médicos. Com a chamada de apenas sete profissionais e o fim de contratos de convênio chegando, o número de médicos do programa deve cair ainda mais. Prefeitos calculam que o esvaziamento do Mais Médicos gerou perdas de até R$ 120 milhões.

mais sobre:

Geral




logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br