Trabalho

SC gerou 16,4% dos novos empregos do país em outubro

41 municípios criaram pelo menos 500 novas vagas no período. Esse é o melhor resultado do Estado para o mês dos últimos seis anos

Foto: Murici Balbinot
Esse é o quinto mês de saldo positivo na geração de empregos para Santa Catarina

O Brasil gerou 70.852 novos postos de trabalho formais em outubro, sendo que Santa Catarina foi responsável por 16,4% do total, com 11.579 novos empregos no período. Esse é o melhor resultado do Estado para outubro dos últimos seis anos.

Com o aumento, já são cinco meses seguidos de saldo positivo na economia catarinense. Mesmo com os bons números, o resultado de outubro foi menor do que em setembro, quando foram abertos 13.049 novos postos. O saldo é a diferença entre admissões e desligamentos, número calculado pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho.

"A formalização do trabalho traz segurança para as famílias catarinenses que podem ter planejamento e fazer investimentos com mais tranquilidade em relação às contas. O retorno também aparece e temos um ciclo virtuoso na economia do Estado", destacou o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável, Lucas Esmeraldino.

Em Santa Catarina, 41 municípios geraram pelo menos 500 novas vagas no período. As cidades que mais se destacaram foram Joinville, com saldo de 8.123, Chapecó (5.577) e São José (5.327).

O número de admissões e desligamentos foi o mesmo em três cidades (Capão Alto, Coronel Martins e Tigrinhos), enquanto 54 obtiveram um resultado negativo. Os municípios que mais perderam postos de trabalho foram Bombinhas (1.065), Garopaba (526) e Antônio Carlos (358). 

O comércio foi o setor que mais contratou em Santa Catarina, com 4.130 novas vagas, seguido pelo setor de serviços com 3.726 e pela indústria de transformação, com 2.167. O saldo também foi positivo na agropecuária (812), na construção civil (694) e na administração pública (77).


Dados anuais

No acumulado do ano, Santa Catarina registra 85.018 novos postos de trabalho, terceiro melhor resultado do país em números absolutos, atrás apenas de São Paulo e de Minas Gerais. O Estado também possui o terceiro melhor resultado do Brasil no acumulado dos últimos 12 meses, com 71.619 novos empregos, o que representa mais do que Rio Grande do Sul e Paraná juntos. 

Em Santa Catarina, a indústria de transformação é o setor que mais criou vagas em 2019, com 36.557, cerca de 43% do total. O setor de serviços foi responsável por 35,1% das novas vagas e a construção civil, por 11,8%.

Atualmente, Santa Catarina possui 2,09 milhões de empregos formais, sendo que 36,7% está no setor de serviços, 33% na indústria de transformação e 20,6% no comércio. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Estado tem a menor taxa de desocupação entre pessoas com 14 anos ou mais do país, com 5,8%, o que representa pouco menos da metade da média nacional (11,8%).


 

 





logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br