Flagrante

PF prende suspeito de armazenar pornografia infantil em Florianópolos

Operação Dia do Saci prendeu em flagrante homem de 38 anos que possuía mais de 10 mil arquivos

Foto: Dilvugação/PF
Homem possuía mais de 10 mil arquivos contendo exploração sexual de menores

Na manhã desta quinta-feira (31), a Polícia Federal (PF) deflagrou a Operação Dia do Saci, destinada à repressão da produção, armazenamento e divulgação na internet de imagens e vídeos de exploração sexual de crianças e adolescentes. Como resultado, a PF prendeu em flagrante um indivíduo de 38 anos em Florianópolis.

O homem possuía mais de 10 mil arquivos contendo imagens de abuso sexual de menores de idade, armazenadas em celulares, tablet, discos rígidos e cartão de memória, materiais utilizados nas condutas criminosas investigadas e que foram apreendidos nesta data.

As investigações foram iniciadas há pouco mais de quatro meses, a partir de apuração realizada pela Polícia Federal em Minas Gerais, que identificou um usuário de software de comunicação pela internet que transmitiu e recebeu arquivos contendo cenas de sexo explícito envolvendo crianças e adolescentes.

O investigado criou perfil falso em rede social fazendo-se passar por uma adolescente, com o objetivo de induzir adolescentes masculinos a enviar fotografias e vídeos de suas partes íntimas e enviar mensagens e arquivos ilícitos por aplicativos de comunicação, escondendo sua verdadeira identidade.

O nome da operação faz alusão ao Saci, ser mítico que conseguia ficar invisível para confundir os caçadores, da mesma forma que o investigado ao fazer uso de aplicativos de comunicação pela internet não rastreados pela Polícia.

As penas previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente para os crimes de produção, posse e transmissão desses arquivos ilegais podem chegar a 18 anos de prisão. 







logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br