fatalidade

Morre o jornalista Ricardo Boechat em queda de helicóptero

Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e colunista da revista IstoÉ

Foto: Reprodução/Band TV

O jornalista Ricardo Boechat, de 66 anos, morreu na queda de um helicóptero no início da tarde desta segunda-feira (11) em um dos acessos da Rodovia Anhanguera, que liga São Paulo ao interior. Segundo o Corpo de Bombeiros, o piloto da aeronave também morreu carbonizado.

Na queda, o helicóptero atingiu a parte dianteira de um caminhão que transitava pela via. O motorista, que conduzia o caminhão, foi resgatado pelo serviço da concessionária que administra a via. O fogo no local já foi extinto.

Boechat estava dando uma palestra em Campinas, no interior do Estado, e retornava a São Paulo nesta segunda.

Trajetória

Ricardo Boechat era apresentador do Jornal da Band e da rádio BandNews FM e colunista da revista IstoÉ. Ele também trabalhou nos jornais "O Globo", "O Dia", "O Estado de S. Paulo" e "Jornal do Brasil" e foi comentarista no Bom Dia Brasil, da TV Globo. Boechat ganhou três vezes o Prêmio Esso, um dos principais do jornalismo brasileiro.

No perfil do jornalista, no site da Band News FM, diz que ele era o recordista de vitórias no Prêmio Comunique-se e o único a ganhar em três categorias diferentes (Âncora de Rádio, Colunista de Notícia e Âncora de TV). Em pesquisa do site Jornalistas & Cia em 2014, que listou cem profissionais do setor, Boechat foi eleito o jornalista mais admirado. Ele também lançou em 1998 o livro "Copacabana Palace - Um hotel e sua história" (DBA).





logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br