protesto

Militares anunciam protesto após falta de acordo com o governo

Bombeiros e policiais realizarão ato por reposição salarial nesta sexta-feira (20), em Florianópolis

Foto: Fábio Queiroz/Agência AL
Categoria já havia realizado protesto durante sessão da Assembleia Legislativa, em outubro

Bombeiros e policiais militares realizarão um ato de protesto nesta sexta-feira (20), em Florianópolis, pela reposição inflacionária do setor. A manifestação, marcada para às 14 horas em frente à Praça dos Três Poderes, acontece após falta de acordo com o Executivo e carência de um cronograma de aumentos. O governo diz que não pode prometer um reajuste antes da aprovação da Lei Orçamentária Anual de 2020, e fixou a data de 15 de janeiro para conversar com a categoria.

O atraso desagradou os militares. Há seis anos sem reposição, a categoria anuncia 37% de perdas inflacionários e 40% no poder aquisitivo dos servidores. Frustrados com a falta de acordo após semanas de promessas, os trabalhadores se organizam para aumentar o tom dos protestos. 

A Associação dos Praças de Santa Catarina (Aprasc), maior entidade representativa dos militares, está convocando os associados para o evento desta sexta-feira (20) e convocou outro para o dia 30 de janeiro, em frente ao Centro Administrativo do governo do Estado. 

"A categoria está há seis anos sem receber a reposição inflacionária. E não estamos falando de aumento salarial, mas de um direito estabelecido pela Constituição Federal", disse o diretor financeiro da Aprasc, Pedro Paulo Rezena. 


mais sobre:

Geral Aprasc




logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br