Sul

MEC autoriza residência em Hospital de Criciúma

Inscrições vão até segunda-feira (17). São oferecidas vagas para pediatria e obstetrícia/ginecologia

Foto: Jornal Nortesul/Arquivo

O Hospital Materno-Infantil Santa Catarina, de Criciúma, e o curso de medicina da Universidade do Extremo-Sul Catarinense (Unesc), estão com inscrições abertas até segunda-feira (17) para o processo seletivo aos programas de residência médica que serão desenvolvidos a partir de março. 

Os programas oferecidos são para as áreas de pediatria e de obstetrícia/ginecologia, ambos com duração prevista de três anos. Serão convocados os dez primeiros classificados na prova escrita em cada especialidade. O início das atividades está previsto para 2 de março.

"O hospital ganha em qualidade e em credibilidade. E ainda tem a possibilidade de transformação em um hospital de ensino, vinculado também ao MEC, que ampliaria horizontes para o hospital, que passa a ter uma unidade inserida no âmbito da pesquisa e da extensão, ao invés de mera prestação de serviços", observou o pediatra e diretor clínico do hospital, Leon Iotti.

A remuneração do médico residente será de R$ 3.330,43, conforme determinado pelo Ministério da Saúde e Ministério da Educação para os programas de residência médica, para um período de 36 meses. 

"A aprovação destes programas de residência médica em ginecologia e obstetrícia e em pediatria qualificará sobremaneira esta área em nossa região", comentou a reitora da Unesc, Luciane Bisognin Ceretta.






logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br