serviço

Joinville ganha terminal de Delegacia Virtual

14 Março 2019 10:21:00

Objetivo é fornecer registro de ocorrências menos graves, sem a necessidade de deslocamento

Foto: Jaksson Zanco/Secom
Inauguração do primeiro terminal da Delegacia Virtual de Joinville

Desde quarta-feira (13), o município de Joinville passou a contar com o primeiro terminal de Delegacia Virtual em espaço público municipal, onde podem ser feitos registros de ocorrências sem a necessidade de se dirigir a uma delegacia de polícia. O terminal foi inaugurado na sede da Subprefeitura Centro-Norte, na rua Guilherme, 604, bairro Costa e Silva. A ação é resultado de uma parceria entre a Polícia Civil e a Prefeitura de Joinville.

A Delegacia Virtual é um serviço prestado pela Polícia Civil de Santa Catarina para registro de ocorrências via Internet. Seu objetivo é fornecer comodidade no registro dos tipos de ocorrência relacionados, sem a necessidade de deslocamento até uma Delegacia de Polícia.

A iniciativa de levar o serviço mais próximo da população partiu da titular da Delegacia Regional, Tânia Harada. "Nosso propósito é dar maior publicidade ao serviço e incentivar ao máximo o uso dos terminais. É mais cômodo para o cidadão e libera os nossos policiais para as atividades investigativas", explicou a delegada Harada.

A possibilidade de todo cidadão registrar ocorrências policiais pela internet por meio de telefone celular, computador ou tablet existe desde 2002. No ano passado foram registradas em Santa Catarina 190 boletins pela internet. Desse total, 26 mil foram em Joinville. Somente neste início de 2019, Joinville já registrou 7 mil boletins por meio eletrônico.

Na cerimônia de entrega do terminal da Delegacia Virtual, o prefeito Udo Döhler afirmou que em breve espera que todas as oito subprefeituras de Joinville contem com o serviço, assim como grandes empresas em todos os bairros. "No passado, muitas pessoas tinham receio de entrar em uma delegacia. Hoje, a polícia está cada vez mais próxima da comunidade, e isso é mais um grande passo para os cidadãos se sentirem mais seguros e com qualidade de vida", analisou o prefeito.

Ao usar o terminal, uma vez concluído o registro na internet, o interessado recebe um comunicado por e-mail informado o número do protocolo. Depois de o registro homologado, receberá, no mesmo endereço eletrônico, a chave de acesso para imprimir o Boletim de Ocorrência. "O sistema faz o boletim chegar em alguns minutos ao cidadão é à delegacia que irá investigar o caso, dando mais velocidade a todo processo", explicou o diretor de inteligência da Polícia Civil Alfeu Orben.

Tipos de registros pela Delegacia Virtual

Acidente de trânsito, perda de documentos ou objetos, recuperação de documentos ou objetos, ameaça, calúnia, injúria ou difamação, furto e roubo, denúncia anônima e danos por fenômenos naturais.




logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 901 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br