g. florianópolis

Grande Salão do Imóvel gera R$ 258 milhões em negócios

Construtoras comemoram bons resultados após três dias de evento

O Grande Salão do Imóvel, que ocorreu no último final de semana na Arena Multiuso de São José, foi um sucesso de vendas e de público. O evento gerou negócios de aproximadamente R$ 258 milhões e recebeu 15 mil visitantes durante três dias. 

No primeiro dia do evento, ocorreu a assinatura de três novos empreendimentos com financiamento total de R$ 15 milhões. Além disso, no Salão foram gerados outros R$ 4,4 milhões em vendas de imóveis pela Caixa Econômica Federal; R$ 101 milhões em propostas encaminhadas pelas construtoras à Caixa e outros R$ 137 milhões em prospecções para negociações posteriores - o que é uma característica desse tipo de evento.

Na avaliação do superintendente regional da Caixa, Ricardo Bier Troglio, o evento foi um marco para a construção civil da região, setor que tem uma grande importância na geração de emprego e renda. "São dados expressivos e que demonstram que foi uma medida acertada realizar o Salão", observa.

Já o gerente regional de Habitação da Caixa, Leonardo Saquete Gonçalves, destaca que as vendas foram positivas, tanto para imóveis populares vinculados ao Minha Casa Minha Vida, como para imóveis de valores mais altos vinculados ao SBPE. "Isso ratifica o sucesso do evento para todas as construtoras", salienta.

Expectativas atendidas

O Grande Salão do Imóvel foi encerrado com boa parte das expectativas de venda atendidas e dezenas de famílias com o sonho da casa própria realizado. Com 32 construtoras participantes e mais de 8,5 mil imóveis disponíveis, o evento foi considerado por todos como um ponto de retomada dos negócios do setor da construção civil em Santa Catarina.

Para o gestor de negócios da MRV, Gian Tagliari, o Salão superou as expectativas da construtora. A empresa está próxima de atingir sua meta de vender 25 imóveis entre o evento e no pós-evento. Além disso, realizou quase 500 atendimentos em seu estande, ao fazer um grande trabalho de prospecção.

"Na comparação com os feirões de imóveis que foram feitos em todo Brasil este ano, o nosso, sem dúvida, foi o melhor no que se refere ao movimento e resultados", assegura. A construtora ofereceu um plano de financiamento de entrada no imóvel de até 72 vezes, o que é convertido em parcelas entre R$ 200 e R$ 300.

Comemorando o sucesso

A Dimensão Engenharia comemora os bons resultados comerciais obtidos durante o evento, salientando que das 24 unidades ofertadas no Salão, quatro foram vendidas em dois dias. O representante comercial da construtora Anderson Veron, conta que para a empresa o resultado foi muito positivo pois além das vendas, foram iniciadas muitas negociações. "Para se ter uma ideia, em uma manhã, três clientes saíram do evento direto para a visita ao nosso apartamento decorado", comemora.

O movimento expressivo e o público qualificado para a compra fizeram a diferença para as construtoras que participaram Grande Salão do Imóvel. Além disso, um ponto importante foi a grande procura por imóveis com valores mais altos. A KAFER Construtora e Incorporadora, que trouxe para evento imóveis compatíveis ao financiamento SBPE, está com propostas em andamento.

A RDR Engenharia apostou suas fichas no financiamento das unidades pelo Minha Casa, Minha Vida. O sócio da empresa, Ewerton Alvarenga, está satisfeito com os resultados do evento. "Nós já temos cinco unidades vendidas e estamos com várias oportunidades encaminhadas, que devemos fechar nas próximas semanas". Alvarenga atribui o sucesso ao foco do público que esteve no estande em fechar negócios.


mais sobre:

Geral Economia




logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br