santa catarina

Empresa de SC testa funcionários para hipertensão e diabetes

Quem for diagnosticado será considerado do grupo de risco e afastado temporariamente

Foto: Divulgação

A Ecosystem, empresa que presta serviços de coleta de lixo, limpeza e conservação de áreas públicas em Criciúma, Biguaçu e Gaspar, está fazendo exames em seus colaboradores a fim de identificar aqueles que apresentam quadro de hipertensão arterial ou diabetes mellitus ainda não diagnosticadas. Eles serão afastados do trabalho para que não corram risco de desenvolver formas graves da Covid-19.

Logo no início da pandemia, a empresa afastou todos trabalhadores pertencentes ao grupo de risco (idosos a partir de 60 anos e pessoas com doenças preexistentes como hipertensão arterial, diabetes, doença cardíaca, doença pulmonar, neoplasias, transplantados, quem faz uso de imunossupressores) e gestantes. A ação ocorre até esta sexta-feira (3).

"Nosso trabalho é essencial para a prevenção de outras doenças, como a dengue, e fundamental para a saúde pública. Mas é importante que ele seja feito com a máxima proteção aos colaboradores", diz o diretor da empresa Leandro Perez. A Ecosystem tomou uma série de medidas de prevenção, como alteração nos horários de jornadas de trabalho e distribuição de equipamentos de proteção. 

Além das três cidades catarinenses, a Ecosystem presta serviços em Campo Largo e São Jose dos Pinhais, no Paraná; e está presente no estado de São Paulo em Araraquara, Itápolis, Monte Mor, Olímpia, Rio Claro, Santa Barbara D´Oeste e Santana de Parnaíba. A empresa tem cerca de 650 funcionários. 


logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 902 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br