reconhecimento

CREA-SC inicia campanha de valorização dos profissionais

11 Outubro 2018 17:20:00

Presidente do Conselho defende que cargos técnicos sejam ocupados por pessoal qualificado

Foto: Murici Balbinot
"Ressaltar a importância, representatividade e força dos nossos profissionais e profissões são compromissos importantes da nossa gestão, refletidos nesta campanha"

Ressaltar a atuação dos profissionais da área tecnológica para a qualidade de vida e segurança da sociedade, tanto no meio urbano quanto rural, é o objetivo da campanha institucional "Contrate somente profissional registrado no CREA-SC" que inicia nesta sexta-feira (12), nas principais emissoras de TV, mídias sociais, jornais e rádios do estado. A campanha traz 15 vídeos, spots, anúncios e posts das modalidades do Sistema Confea/Crea, selecionados de acordo com a composição das Câmaras Especializadas, que serão exibidos até abril/2019, iniciando com o do Engenheiro Agrônomo, que tem seu dia comemorado em 12 de outubro.  

Os materiais serão veiculados nos jornais da Associação dos Jornais do Interior de Santa Catarina (Adjori/SC), NSC TV, SBT, Ric Record, jornais Diário Catarinense, A Notícia, Santa Catarina, Notícias do Dia; e trinta emissoras de rádio filiadas à Acaert, evidenciando as atribuições e a responsabilidade técnica dos profissionais do sistema. A intenção é destacar a importância do seu trabalho para a sociedade, salientando o registro profissional e a exigência da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) conceito da campanha reforçado com a arte de um carimbo. As gravações foram realizadas com profissionais voluntários.

"Ressaltar a importância, representatividade e força dos nossos profissionais e profissões são compromissos importantes da nossa gestão, refletidos nesta campanha", assinala o presidente do CREA-SC, engenheiro agrônomo Ari Geraldo Neumann, destacando que o projeto se complementa com outras ações: "Precisamos também promover o reconhecimento para que tal valorização seja convertida em respeito, remuneração adequada e, ainda, ocupação de cargos que demandam conhecimento técnico nas esferas públicas".

Os Vts serão disponibilizados também no canal do Youtube do CREA/SC conforme datas de divulgação da campanha. Em paralelo, foi lançado o anúncio comemorativo ao Dia do Engenheiro Agrônomo que será veiculado em 10 pontos de outdoor em Florianópolis e 12 locais em Chapecó, durante 15 dias. 

12 de outubro - Dia do Engenheiro Agrônomo

A primeira regulamentação da profissão aconteceu em 12 de outubro de 1933. São atribuições do engenheiro agrônomo: planejamento, coordenação e execução de atividades nas áreas agrícola, pecuária e ambiental. A função do Engenheiro Agrônomo é a manutenção de recursos naturais renováveis e ambientais. Sua competência envolve também a fiscalização e orientação aos produtores rurais em lavouras e rebanhos. O Engenheiro Agrônomo é o responsável pela elaboração de documentos e pareceres científicos e técnicos de sua área profissional, podendo exercer prestação de serviços em consultoria na área agrícola e criação de animais.

A Agronomia tem passado por excelente valorização nos últimos anos. O Brasil é uma grande força mundial na produção agrícola e de rebanhos cuja área é chamada de agronegócios. Diante de cada vez mais exigências de qualidade e controle dos produtos de origem animal e vegetal no mercado internacional e nacional, o Engenheiro Agrônomo é indispensável para a conquista do sucesso nas empreitadas. O profissional envolve-se em praticamente todas as etapas do agronegócio - do plantio ou da criação de rebanhos à comercialização da produção.

Áreas de Atuação:

- Defesa sanitária: combater pragas e prevenir doenças em lavouras;

- Economia e administração agroindustrial: planejar e gerenciar as operações de distribuição e venda de produtos agrícolas; coordenar programas de crédito rural para cooperativas e produtores;

- Engenharia rural: projetar e supervisionar obras em propriedades rurais, como construções, nivelamento do solo, montagem de sistemas de irrigação e de drenagem.

- Fitotecnia: acompanhar o cultivo e a colheita de safras, buscando aumentar a produtividade por meio da seleção de sementes, do emprego de fertilizantes e adubos e do combate a doenças e pragas;

- Indústria e comercialização de alimentos: supervisionar e gerenciar a qualidade e a estratégia de preços de alimentos de origem animal e vegetal;

- Manejo ambiental: explorar racionalmente os recursos naturais, preservando o meio ambiente;

- Melhoramento animal e vegetal: realizar pesquisas e desenvolver técnicas visando à melhoria da produção;

- Produção agroindustrial: gerenciar o processo de industrialização de produtos agrícolas, controlando a qualidade final da produção. Pesquisar novas tecnologias e produtos;

- Meio Ambiente: recuperar áreas devastadas e cuidar do plantio e do manejo de áreas de reflorestamento, além de preparar relatórios de impacto ambiental;

- Solos: preservar a fertilidade e controlar as propriedades físicas dos solos, prescrevendo seu manejo;

- Zootecnia: controlar a produção animal cuidando da alimentação, da saúde e da qualidade dos rebanhos.



logo_rodape.png

Rua Adolfo Melo, 38 - Sala 901 - Centro | Florianópolis-SC | CEP: 88015-090 |
(48) 3298-7979 | jornalismo@adjorisc.com.br